Booking.com: geração Z busca por aventura e sustentabilidade em viagens

booking.com geração zEsses jovens também preferem viajar sozinhos do que em grupos

A geração Z está perto de se tornar muito mais relevante para o setor de viagens. Pelo menos, é o que mostra nova pesquisa do Booking.com, que considera essa geração pessoas entre 16 e 24 anos. De acordo com o levantamento, membros desse grupo pretendem ser muito mais ativos nas viagens internacionais na próxima década. 

Segundo a pesquisa, 39% dos dos 22 mil participantes planejam “ter visitado pelo menos três continentes diferentes nos próximos 10 anos”. E 30% querem estudar em outros países. Sem nenhuma surpresa, 67% afirmam estar “estusiasmados com todos os lugares que vão viajar no futuro”. 

Booking.com: hábitos de consumo geração Z

Ainda de acordo com o levantamento, membros da geração z planejam suas viagens com bastante antecedência, seguindo a tendência da mundial, divulgada por outra pesquisa da OTA. Dos entrevistados, 69% já listaram lugares que gostariam de visitar e coisas a fazer. Apenas 20% afirmou que “optaria por viajar impulsivamente e não planejar antes”. 

Além disso, essa geração coloca viagens como uma prioridade. O levantamento da Booking.com mostrou que, ao contrário do que se presume, comprar mais nova tecnologia não é o que as pessoas entre 16 e 24 anos mais procuram. Segundo a pesquisa, 68% dos participantes priorizam gastos com viagens do que jantar em restaurantes. E 58% preferem a viagem do que tecnologia. 

Outra características desses viajantes é o quão confortável estão em viajar sozinhos. Aproximadamente um terço dos entrevistados planejam viagens solo, com quase a mesma quantidade dizendo que prefere viajar sozinho do que em grupo. 

Além da solidão, a busca por aventuras também é observada nessa geração. A maioria (56%) dos participantes dizem querer “uma experiência de aventura de suas viagens, como saltar de parapente ou bungee jumping”. Enquanto 52% planejam fazer trilhas em lugares extremos. 

O apetite dessa geração por viagens também influencia na escolha pela carreira. O levantamento mostrou que 54% afirma que “a oportunidade de viajar a trabalho é importante ao procurar emprego”. Já 57% querem um emprego em que possam conhecer outras culturas. 

Um ponto também muito importante para representantes da geração Z é a sustentabilidade. Hotéis que investem mais em negócios sustentáveis e pensam no meio ambiente devem receber mais viajantes dessa faixa etária. De acordo com a pesquisa, 54% afirmam que o “impacto ambiental em um destino é um fator importante ao viajar.” E 56% dizem buscar acomodações “green ou eco-friendly” em suas estadias.

Por fim, a influência das redes sociais é um fator importante para os viajantes da geração Z. Dos entrevistados, 45% disseram que confiam no julgamento de influencers e celebridades. Mas, pelo menos um quarto dos participantes afirmaram que tiram mais de 50 fotos ao dia enquanto viajam. E 40% buscam determinados destinos por causa do Instagram. 

Ainda assim, 50% acredita que “perdem muito tempo nas redes sociais enquanto viajam.”

(*) Crédito da foto: rawpixel/Pixabay 

Comentários