Brasil tem apenas 3 casos suspeitos de coronavírus

coronavírus - João Gabbardo_Ministério da SaúdeGabbardo: dos casos suspeitos, dois estão no estado de São Paulo

Com o Carnaval chegando é bom ficar atento, mas tudo indica que há pouco com que se preocupar. Segundo o Ministério da Saúde, o número de pessoas suspeitas de contaminação pelo coronavírus no Brasil continua em três. Dois pacientes estão em São Paulo e um no Rio Grande do Sul, onde são monitorados. Todos eles ainda não tiveram amostras analisadas pelos laboratórios de referência, informa a Agência Brasil.

“Os três casos são recentes, dois deles ainda estão sendo analisados pelo Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e um está sendo encaminhado do Lacen para nosso laboratório especializado”, afirma João Gabbardo, secretário executivo do Ministério da Saúde. Ele destaca que é possível que os casos sejam descartados para coronavírus ainda no Lacen. Pode ser possível contudo, que necessitem de análise mais detalhada, como é o caso de um dos pacientes. 

Em relação ao Carnaval, a pasta informou que manterá sua política, não sugerindo nenhum cuidado específico para o período. “As recomendações são gerais e valem para todas as doenças transmitidas por meio de secreções da boca e do nariz e das mãos através de locais que possam estar contaminados. Não há nenhuma recomendação específica. E que todos possam ter um carnaval com bastante tranquilidade”, comenta Gabbardo.

Coronavírus: prevenção

Para quem trabalha na hotelaria, contudo, existem alguma recomendações. A governança, por exemplo, deve redobrar os cuidados com a limpeza dos quartos e roupas de cama. Já no setor de A&B (Alimentos & Bebidas), louças e talheres também precisam ser minuciosamente higienizados. Carnes e ovos também têm que ser bem cozidos.

Campanhas de prevenção e conscientização entre colaboradores e hóspedes ajudam na prevenção. Pessoas recém-chegadas de países contaminados devem receber atenção extra no momento do check-in e, caso haja algum médico de plantão, uma avaliação sempre é recomendada.

Para saber mais, acesse  https://bit.ly/38nD0CX.

(*) Crédito da capa: TYRONE SIU

(**) Crédito da foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil​

Comentários