Braztoa: maioria dos associados acredita que o país crescerá em 2019

BraztoaMagda Nassar é a primeira mulher a comandar a entidade

Após um ano ainda instável, 2019 promete ser de mudanças positivas para a economia nacional. Pelo menos é o que a ampla maioria dos associados Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) acredita. Segundo pesquisa promovida pela entidade, 94% das empresas ouvidas avaliam que 2019 será de crescimento ou estabilidade. Em 2017, as operadoras vinculadas à Braztoa faturaram R$ 12,22 bilhões

O dado contrasta um pouco com a intenção de investimento dos associados no negócio, que teve um percentual mais baixo (77%). Além disso, eleitas pela entidade, as pautas principais para 2019 são expansão do portfólio de produtos e especialização e aprimoramento do trabalho para atuar em nichos de mercado.

Braztoa: outros dados

Em relação ao quadro de colaboradores, 48% afirma que deve ser ampliado, enquanto 45% acreditam na estabilidade do tamanho dos times. Ambas as informações se relacionam com o possível crescimento da empresa.

Além disso, 84% disseram ter adotado algum tipo de inovação este ano, porcentagem que não variou em relação a 2019. As áreas de tecnologia e gestão interna são alvo de investimentos prioritários para 62% dos respondentes, enquanto 23% direcionarão os recursos para vendas e 15% para produtos.

(*) Crédito da foto: Filip Calixto/Hotelier News

Comentários