Braztoa promove seminários online para discutir o turismo pós-pandemia

braztoaEncontros virtuais reúnem especialistas nacionais e internacionais 

Após sentir o impacto do coronavírus no faturamento de março, a Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) anuncia que fará uma série de seminários online para debater o turismo pós-pandemia. As transmissões reúnem diversos especialistas nacionais e internacionais para avaliar o cenário atual e projetar o futuro do setor.

Com o tema Turismo Pós-Pandemia: Oportunidades para Reinventar, a iniciativa, uma parceria junto à consultoria Amplia Mundo e o Laboratório de Estudos em Sustentabilidade e Turismo da Universidade de Brasília, aborda pontos como inovação, gestão de crise e comunicação, entre outros. Algumas apresentações são exclusivas a associados da entidade, e outras serão abertas ao público em geral, com vagas limitadas.

O ministro Marcelo Álvaro Antônio, que juntamente com sua equipe participa de vários debates virtuais para tratar de medidas adotadas para auxiliar o Turismo, frisa que a ação da Braztoa contribui para o enfrentamento da crise. “Estamos em permanente contato com o trade no sentido de alinhar iniciativas que permitam não só a sobrevivência do setor, mas também proporcionem ao Brasil retomar o forte crescimento registrado no turismo até então. Esse debate é fundamental para a união de ações”, observa.

Antônio, o secretário executivo do MTur, Daniel Nepomuceno; o secretário de Integração Interinstitucional do órgão, Bob Santos; o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, William França; o secretário nacional de Estruturação do Turismo Substituto, Hercy Filho, já participaram de várias transmissões online sobre a recuperação do segmento. Foi o caso de sessões organizadas pela XP Investimentos, pelo site Panrotas e pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), entre outras.

Braztoa: seminários

Os webinars da Braztoa serão realizados todas às terças e sextas-feiras, às 17h, até o fim de maio. O primeiro, ocorrido no último dia 24 somente com associados, teve como pauta a análise de cenários políticos, incluindo demandas do turismo no Congresso Nacional. O presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu, avalia que é “o momento de cuidar atentamente para minimizar impactos nos negócios, mas também de pensar e se preparar para o futuro”.

O próximo seminário online será promovido em 1º de maio, quando haverá reflexões a respeito da busca por experiências autênticas durante viagens. A pauta dos encontros futuros abordará ainda inovações no turismo, narrativas para destinos turísticos, imagem e criatividade e comunicação digital. As inscrições podem ser feitas pelo site, canal por meio do qual o interessado receberá um link de acesso.

Os associados à Braztoa são responsáveis por cerca de 90% das viagens organizadas a lazer comercializadas pela cadeia produtiva no Brasil. Em 2019, operadoras ligadas à entidade faturaram aproximadamente R$ 15,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros, tendo gerado um impacto econômico de R$ 14,9 bilhões na economia nacional durante o período.

(*) Crédito da foto: Marcelo Moryan/MTur

 

Comentários