Brenda Kuroda, concierge do do Sheraton WTC Hotel, recebe o título Les Clefs d’Or Brésil

brenda kurota- premiaçãoBrenda é a única brasileira contemplada com o título este ano

Ser membro da Associação Brasileira de Concierges de Hotéis Les Clefs d’Or Brésil é para poucos. O título de reconhecimento internacional identifica profissionais altamente capacitados no atendimento aos hóspedes e, este ano, Brenda Kuroda Gruenzner, concierge do Sheraton São Paulo WTC Hotel foi a única brasileira contemplada com a honraria. 

Entretanto, para conseguir o broche com as emblemáticas chaves-douradas, símbolo do reconhecimento, a profissional percorreu um longo caminho. O processo durou um ano com provas dissertativas em inglês, entrevistas, preenchimentos de formulários para atender aos requisitos exigidos e duas cartas de recomendação do gerente geral do WTC. 

“Quando ainda trabalhava na recepção do Blue Tree Morumbi já sabia o que era o Les Clefs. Era algo que eu admirava. Quando fui para o Sheraton, a gerente que havia sido membro da Associação me incentivou a conseguir o título quando eu completei o período de experiência exigido”, conta Brenda. Para se candidatar, o profissional deve ter no mínimo dois anos de experiência como concierge.

Além do reconhecimento, uma das grandes vantagens em ser um membro Les Clefs é estabelecer uma rede de apoio e trocar experiências. “Os membros têm uma relação muito próxima e todo mundo se ajuda. É uma área que é preciso ter contato, unir pessoas”, destaca. 

Brenda ainda lembra alguns desafios que passou em sua carreira como o preparo de um menu especial de aniversário até organizar um tour com 40 pessoas para conhecer uma escola de samba. “Não temos rotina nesta profissão, lidamos com muitos pedidos diferentes e até inusitados, mas é muito gratificante satisfazer o hóspede”.

A entrega oficial das chaves douradas será feita em uma cerimônia a ser realizada no dia 30 de novembro, em Curitiba (PR).

Brenda Kuroda: carreira

Atuante no mercado hoteleiro há 10 anos, Brenda é formada em Hotelaria pela Universidade Anhembi Morumbi. Ela começou sua trajetória no Hotel Blue Tree, em São Paulo, onde atuou como recepcionista e Guest Relations.

Após um período morando no Maranhão, a profissional buscou recolocação no mercado e entrou para o time do Sheraton São Paulo WTC Hotel como concierge júnior, onde galgou todas as etapas do posto até se tornar concierge sênior.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Sheraton São Paulo WTC Hotel

Comentários