Cachoeira: Flica eleva ocupação hoteleira a 100%

cachoeira- flicaFlica vai até domingo (27)

Amanhã (24) começa a nona edição do Flica (Festa Literária Internacional de Cachoeira), que deve reunir 35 mil visitantes no Recôncavo Baiano, segundo a organização. Com a grande movimentação turística, a cadeia hoteleira local deve atingir sua capacidade máxima, com 100% de ocupação durante o evento que segue até domingo (27).

“Temos cerca de 20 meios de hospedagem. A procura é grande e reflete em outros municípios da região, como São Félix, Muritiba e Cruz das Almas, que também hospedam visitantes”, explica Cleydson do Rosário, secretário municipal de Turismo de Cachoeira.

Um dos empreendimentos mais novos de Cachoeira, a Pousada Pai Tomaz tem todos os 13 quartos reservados. Já a Pousada Treze de Março é um dos poucos meios de hospedagem com vagas disponíveis, mas os quatro últimos apartamentos que devem ser ocupados com reservas de última hora, de acordo com a recepcionista Renata Araújo.

O Flica tem apoio do governo da Bahia e tem acesso gratuito. Nesta edição, participarão autores como Thalita Rebouças, Gláucia Lemos e o poeta Bráulio Bessa.

Cachoeira: visitas guiadas

“Com tantos autores renomados, temas interessantes, programação infantil e outras atividades, a Flica torna-se um importante atrativo para o turismo cultural, somado à riqueza histórica da região”, destaca Fausto Franco, secretário do Turismo da Bahia.

A fim de realçar a importância de Cachoeira para a história e cultura da Bahia, a Secretaria do Turismo do Estado vai oferecer aulas gratuitas seguidas de visitas guiadas pelos principais pontos turísticos da cidade, a exemplo da Casa da Câmara e Cadeia e a Casa da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte. A programação será realizada todos os dias pela manhã e à tarde, partindo da Fundação Hansen. Na sexta-feira e sábado (25 e 26), haverá oficinas de turbantes.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Setur

Comentários