Carnaval em Maringá: como fica a taxa de ocupação em hotéis?

maringá- carnavalHoteleiros consideraram baixa a procura no feriado

A rede hoteleira considera Maringá, tradicionalmente, no feriado de Carnaval, uma cidade emissiva. Com a maior parte dos hóspedes sendo do setor corporativo, a maioria dos hotéis de Maringá registra baixa taxa de ocupação durante os dias de Carnaval, mas alguns garantem que existem variáveis que alteram essa realidade.

O gerente geral do Hotel Ibis Budget, filiado ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Valdenir Santos, afirma que, em função do Shopping Avenida Center ser anexado ao hotel, a taxa de ocupação aumenta durante o feriado. Já os hotéis Golden Ingá, Metrópole Maringá e Nobile Suítes Maringá, também hotéis filiados, consideraram a baixa a procura por hospedagem durante este Carnaval.

Entretanto, o sócio-diretor do Hotel Avalon, filiado à entidade, Erasmo Ramos, considera que o traz movimento para a hotelaria maringaense durante os dias de Carnaval são os pacotes para o Ody Park e a rota para Foz do Iguaçu.

“Maringá no Carnaval não é destino, mas temos público forte indo para Foz do Iguaçu, na maior parte família. Além disso, temos uma parceria com o Ody Park, o que reflete na taxa de ocupação, trazendo turistas de outras regiões. Muitas vezes até mesmo os turistas que vão seguir para Foz, acabam esticando e indo ao Ody Park”, explicou. Segundo ele, a média de hóspedes que foram ao Ody Park é de 30% da taxa de ocupação, e dos que seguiram para Foz, 40%.

Maringá: parcerias

O diretor do Ody Park, parque filiado ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Odycleiton Melo, confirma que a parceria com hotéis de Maringá é forte. “Temos parceria com vários hotéis de Maringá, com o Avalon nesses dias tivemos mais de cem pessoas”, disse. Ainda segundo ele, o hotel do Parque teve lotação máxima durante o Carnaval e o público estimado no Parque Aquático passou de 1500 pessoas por dia. “Foi maravilhoso. Somente no domingo e segunda tivemos cerca de 8 mil pessoas”. Melo afirma que o maior público do Ody Park é de fora de Maringá. A expectativa agora está na Páscoa. “As vendas já começaram e estão boas”, comemorou Odycleiton.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Maringá CVB

Comentários