Como estratégia de satisfação, Hotel Bourbon Ibirapuera fecha parceria com ONGs

Hotel Bourbon Ibirapuera- ongsHotel utiliza pesquisas de satisfação para melhorar serviços

Visando aumentar o número de pesquisas de satisfação preenchidas e ainda gerar ações sociais, o Hotel Bourbon Ibirapuera estreitou relações com três ONGs: AACD, que ajuda crianças com mobilidade reduzida; TETO, que reúne voluntários para construir casas para famílias de baixa renda e Pequeno Príncipe, que presta auxílio educacional para crianças e adolescentes. A proposta é que a cada ficha preenchida após a estadia, o hotel doará R$ 1,00 para cada uma das organizações.

Após o anúncio da parceria, o número de pesquisa entregues saltou de 281 em maio, para 563 no mês de novembro. O crescimento indica que os hóspedes que normalmente ignoram esse tipo de questionário ficaram mais atentos com o incentivo de cunho social. “Conseguimos conscientizar os clientes utilizando a doação às ONGs como chamariz para o preenchimento da pesquisa de satisfação”, observa Audi Tiburzio, coordenador de Marketing do empreendimento.

O preenchimento das pesquisas de satisfação é estratégico para o Bourbon Ibirapuera. O empreendimento utiliza as opiniões dos clientes como base para aprimorar seus serviços. Foi em busca do crescimento de fichas que fez com que o hotel substituísse a ferramenta de pesquisas anterior para o recurso atual.

“De acordo com as críticas e reclamações dos hóspedes, fazemos reuniões mensais para discutir esses comentários e analisar a viabilidade de melhorias de cada um. Alguns são pontuais e conseguimos resolver de imediato, outros exigem um planejamento a longo prazo, mas todos são analisados com cautela”, explica Elaine Siqueira, analista de Marketing de Relacionamento.

Hotel Bourbon Ibirapuera: projeções para 2019

Em 2018, o hotel superou a meta de faturamento de R$ 59 milhões, atingindo o valor de R$ 70 milhões. Este ano, a expectativa é ultrapassar os resultados do ano anterior e alcançar a marca dos R$ 74 milhões, crescimento de 6%. Em paralelo, os planos são aumentar em 50%a receita de A&B (Alimentos & Bebidas) e elevar a diária média de R$ 323 para R$ 340 – o que representaria alta de 6,5%. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Hotel Bourbon Ibirapuera

Comentários