Coronavírus cancela edição 2020 da ITB Berlin

ITB Berlin - cancelamento_coronavírusRealizada há décadas, feira costuma receber expositores de 180 países

Uma das principais feiras de turismo mundial, a ITB Berlin foi oficialmente cancelada em função da epidemia do coronavírus. Hoje (28), atendendo a apelos do ministérios da Saúde e da Economia alemães, a Messe Berlin confirmou a suspensão do evento, que seria realizado de 4 a 8 de março.

“Em nossos 54 anos de história, nunca tínhamos passado por uma situação similar. Gostaríamos de agradecer aos expositores e demais parceiros ao redor do planeta que nos apoiaram nas últimas semanas”, comenta Wolf-Dieter Wolf, chairman do Conselho da Messe Berlin, em comunicado divulgado para a impresa.

Com um caso confirmado em São Paulo, a epidemia já saiu do seu epicentro inicial, na China, e espalha-se pelo mundo. Na China, vários hotéis foram fechados, gerando perdas para a hotelaria local. De volta ao Brasil, o governo do estado de São Paulo anunciou hoje um pacote de R$ 30 milhões para combater a doença.  

ITB Berlin: razões

A organização confirmou que há semanas já debatia a possibilidade de cancelar a feira. Hoje, contudo, veio a decisão final, muito em função das restrições impostas pela autoridade sanitária responsável do distrito de Charlottenburg-Wilmersdorf, onde fica a capital alemã.

Segundo a Messe Berlim, os participantes do evento teriam que provar que não tiveram contato com pessoas infectadas pelo vírus, além de não terem vindo de regiões consideradas de risco. Ou seja, os requerimentos por parte do órgão do governo alemão eram impossíveis de cumprir.

“Com mais de 10 mil expositores oriundos de mais de 180 países e territórios, a ITB Berlim tem grande relevância para a indústria turística global. É com muito pesar que anunciamos seu necessário cancelamento”, finaliza Christian Göke, CEO do Messe Berlin.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Messe Berlin

Comentários