Coronavírus força Hilton a fechar 150 hotéis na China

hilton - chris nassetta_impacto coronavírusNassetta: pode haver perdas de até US$ 50 milhões no Ebtida de 2020

A STR projetou perdas consideráveis da hotelaria chinesa em função do coronavírus durante o Ano Novo Chinês. Agora, como as redes de fato sentiram esse impacto pouco se sabia, mas só até ontem (11). Chris Nassetta, CEO da Hilton, confirmou que a rede americana fechou 150 hotéis no país, excluindo 33 mil quartos dos canais de venda, informou em teleconferência com investidores da qual o Skift teve acesso.

Nassetta ressalta que os relatórios mais recentes feitos por profissionais da rede ainda não conseguem medir o real impacto da epidemia. No entanto, as estimativas de possíveis perdas em função do coronavírus se baseiam na experiência do setor com o surto de SARS, em 2003. Ele acrescenta que essas projeções apontam para efeitos ao longo de seis a 12 meses.

Ele também disse que, se impacto da epidemia durar mais, as perdas no Ebtida Ajustado da companhia podem variar de US$ 25 milhões a US$ 50 milhões. Hoje, a China responde sozinha por 2,7% do Ebtida anual da empresa. Nassetta destacou ainda que poderia haver uma queda de um ponto percentual no crescimento de RevPar previsto para 2020.

Hilton: mais projeções

Para o primeiro quarto, período mais intenso de impacto do coronavírus, as estimativas são negativas para a Hilton. A empresa projeta queda de um a um e meio ponto percentual na alta prevista de RevPar. Já as perdas no Ebtida devem varias de US$ 10 milhões a US$ 15 milhões, revela Kevin Jacobs, CFO (Chief Financial Officer) da companhia.

"Nossas expectativas de crescimento do RevPAR para a região Ásia-Pacífico estariam alinhadas com a nossa orientação em todo a rede, com os benefícios dos Jogos Olímpicos de verão em Tóquio, compensando a fraqueza contínua na China", avalia Jacobs.

No Brasil, ainda não há grande alarde em relação ao tema, mas medidas de prevenção já estão sendo indicadas para a hotelaria. Acesse-as no https://bit.ly/38nD0CX.

(*) Crédito da capa: Kin Cheung/AP

(**) Crédito da foto: Divulgação/Hilton Worldwide

Comentários