Cresce interesse de latino-americanos pelo mercado turístico de luxo, aponta ILTM


Grande parte dos latino-americanos fazem de 3 a 5 viagens por ano, aponta ILTM
(foto: arquivo HN / Filip Calixto)

Uma pesquisa realizada pela ILTM (Luxury Travel Market) revelou que 72% das agências de turismo da América Latina notaram um aumento de dois dígitos em seus negócios no segmento de luxo. Intitulado Highlighting the Power of Latin American Luxury Travelers - Destacando o poder dos viajantes latino-americanos de luxo, em inglês -, o levantamento é focado no ano de 2014 e mostra um acréscimo na busca por esse tipo de viagem, além do crescimento da duração entre os roteiros, de dez dias para 20. 

O estudo aponta ainda que 75% dos latino-americanos fazem de três a cinco viagens por ano e gastam US$ 11 mil por roteiro. Além disso, as famílias respondem por 89% do público que opta pelo segmento de luxo.

"Há muita especulação sobre os hábitos neste nicho na América Latina. Sempre foi claro que estes viajantes gastam muito, mas a pesquisa agora revela muitos detalhes não apenas sobre o poder de consumo, mas reafirma tendências como o crescente interesse em longos percursos, cruzeiros e em lazeres de alto padrão”, comenta Alison Gilmore, diretora do portfólio da ILTM.

Segundo o levantamento, a Tailândia aparece como um dos melhores destinos em vendas para a América Latina e também como um dos países com maior crescimento entre os viajantes de alto padrão. 

Os Estados Unidos, Europa e África do Sul são mencionados também como os destinos mais populares e em crescimento, ao lado de novas opções emergentes na Ásia, entre elas: China, Japão, Vietnã e Índia.

A pesquisa foi realizada com 90 proprietários e gerentes de diferentes agências de viagens de oito países - Argentina, Chile, Brasil, México, Porto Rico, Venezuela, Colômbia e Peru.

Serviço
www.iltm.com

Comentários