Decolar suspende venda de alguns produtos

Decolar - suspensão de vendas_internaQuem faz busca por reservas nas próximas semanas vê essa página

Maior OTA da América Latina, a Decolar tomou uma medida drástica para tentar conter os impactos do coronavírus em suas operações. A reportagem do Hotelier News apurou que a empresa suspendeu a venda de alguns produtos pelas próximas semanas. 

De fato, quem entrar no site da Decolar e tentar efetuar reservas para as próximas semanas acaba se deparando com a página da foto acima. A medida foi confirmada pela OTA argentina após contato da reportagem.

Pelo que apurou a reportagem do Hotelier News, o suporte ao cliente não estava dando conta do grande número de cancelamentos e remarcações de viagens. Por isso, a empresa optou por suspender as vendas numa tentativa de normalizar o fluxo e melhor atender ao consumidor.

Em linha com o nosso foco em atender clientes em viagem ou que têm embarque próximo e para colaborar com os esforços de enfrentamento da pandemia, estamos suspendendo a venda de alguns produtos pelas próximas semanas, de acordo com as indicações que recebemos dos fornecedores”, diz a nota da Decolar.

Decolar: melhor atendimento

A empresa informou que, em paralelo, vem aumentando os esforços no atendimento às demandas dos consumidores. “Concentramos os esforços das áreas de tecnologia para acelerar o autogerenciamento na Web ou no aplicativo e fornecer aos clientes todas as informações sobre possíveis alterações em suas viagens. Ao mesmo tempo, dobramos a capacidade de assistência telefônica para 1.000 agentes e adicionamos mais de 300 colaboradores de diferentes áreas da companhia para gerenciar solicitações pós-venda”, informa a Decolar, em nota.

A OTA argentina também criou um página com informações relacionadas ao coronavírus. No link há dados sobre destinos afetados e restrições de viagem dos governos, assim como condições e políticas de flexibilidade das companhias aéreas, entre outros pontos. Para acessá-lo, vá até https://bit.ly/38TfyNu​.

(*) Crédito da capa: geralt/Pixabay

(**) Crédito da imagem: print de página de internet

Comentários