Demanda doméstica da Gol sobe 6,9% em fevereiro

Gol - demanda fevereiroEm fevereiro, Gol transportou 2,69 milhões de passageiros

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes segue colecionando bons números na alta temporada de verão. Depois de um janeiro positivo, a empresa aérea viu a demanda doméstica subir 6,9% em fevereiro frente igual período de 2018. Também na comparação anual, a oferta avançou 1,3%, provocando aumento de 4,3 pontos percentuais na ocupação, que fechou em 82,4%.

No total, em fevereiro, a Gol transportou no mercado doméstico pouco mais de 2,5 milhões de passageiros. O número representa alta de 12,7% frente igual período de 2018, quando 2,22 milhões de clientes viajaram pela companhia. Já o volume de decolagens reduziu 0,8% frente a igual mês de 2018, enquanto o total de assentos aumentou 4% também na comparação anual.

Gol: internacional 

Já nas operações internacionais, o tráfego de passageiros cresceu 17,8% na análise ano a ano. Em paralelo, a oferta subiu 23,8%, levando a uma taxa de ocupação 3,8 pontos percentuais menor em fevereiro de 2019 (74,4%). No total, 182 mil pessoas voaram pela empresa para o exterior no período, queda de 2,6% na mesma base de comparação.

Levando em conta tanto as operações domésticas, quando internacionais, a demanda da Gol cresceu 8,4% em fevereiro. Como a oferta subiu em ritmo menor (+4,5%), a ocupação nos voos da empresa expandiu 2,9 pontos percentuais. A base de comparação é sempre em relação a igual período de 2018. No geral, 2,69 milhões de passageiros voaram pela empresa no período, alta de 11,5% em relação a igual mês de 2018.

Em fevereiro, os dados da Gol acabaram sendo inferiores aos registrados pela Azul Linhas Aéreas. No período, a demanda por passageiros da empresa subiu 18,4%, enquanto a oferta cresceu 16,9%. Com isso, a taxa de ocupação subiu 1 ponto percentual, para 81,1%.

(*) Crédito da foto: Paulo Whitaker/Reuters

Comentários