Demanda por hotéis de luxo pode crescer na América do Sul


(imagem: inpeau.ufsc.br)
 
Segundo a Great Hotels Organisation (GHO), empresa que oferece soluções de marketing e vendas para hotéis associados, existe uma forte tendência para o crescimento do turismo de luxo na América do Sul. A principal razão, de acordo com a companhia, é a diminuição da economia da Europa, o que faz com que os turistas do destino busquem localidades emergentes.
 
Segundo Chris Paton, gerente regional de Desenvolvimento da GHO, a expectativa é que o turismo na América do Sul cresça como o da região da Ásia nos últimos anos. "Os custos e as distâncias similares farão com que os turistas europeus estejam mais dispostos a descobrir novas culturas e experiências que são características marcantes do continente sul-americano", afirma.
 
Como exemplo, Paton cita Punta del Este, no Uruguai. "A cidade soube se colocar no mapa mundial e na preferência de artistas e turistas de luxo durante a alta temporada", conta. Já para Carly Gotz, diretora de Desenvolvimento da GHO, os destinos com maior potencial de atratividade da região são Argentina, Brasil e Peru.
"Os europeus estão descobrindo que a América do Sul pode oferecer opções por preços mais vantajosos", comenta.
(Peter Kutuchian)
 

Comentários