Destinos portugueses, Madeira e Alentejo registram crescimento na chegada de brasileiros

turismo em Portugal - Madeira e AlentejoAções de divulgação são apontadas como fundamentais para desempenho

Em compasso com os números gerais de Portugal, as regiões de Madeira e Alentejo perceberam aumento na presença de brasileiros. Os números de acréscimo são relativos a 2017. No período, o Arquipélago da Madeira viu subida de 34,6% e o Alentejo teve 36,6% de crescimento na presença de viajantes vindos do Brasil.

Segundo informações do INE (Instituto Nacional de Estatística), 869 mil turistas oriundos do Brasil visitaram as cidades portuguesas. O incremento em relação a 2016 foi de 39%.

Os indicativos gerais foram refletidos nas regiões. O Alentejo recebeu 40,9 mil hóspedes brasileiros. Com esses resultados, o mercado tupiniquim se manteve como o terceiro maior emissor de turistas para a região. Isso além de ser o que mais cresceu, seguido por Estados Unidos (27%) e Irlanda (26,4%).

Na Madeira, foram 30,2 mil pernoites de turistas saídos do Brasil. 

Madeira e Alentejo: razões para o crescimento 

Roberto Santa Clara, diretor executivo da Associação de Promoção da Madeira, tenta entender as razões para o aumento. "No ano passado, demos início a um forte trabalho de divulgação e promoção da Madeira nesse mercado. Já estamos colhendo ótimos resultados dessa aposta", afirma.

Para Vítor Silva, presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo, o trabalho de promoção também o motivo dos resultados. "Nosso objetivo é atrair cada vez mais visitantes. E também apresentar a vasta oferta turística que a maior região portuguesa tem a oferecer", comenta.

Em 2017, o Alentejo registrou um total de 346.700 hóspedes estrangeiros e 627.000 pernoites. Esses números representam aumento de 16,8% (no total de hóspedes) e 15,9% (em pernoites) comparado ao mesmo período de 2016. Já em gastos globais, a maior região de Portugal teve um incremento de 18,4%, arrecadando € 100,1 milhões.

* Foto de capa: divulgação/Turimo da Madeira

Comentários