Eduardo Bressane troca Belmond Hotel das Cataratas por Grand Hyatt São Paulo

Eduardo Bressane - Grand Hyatt São PauloBressane passou dois anos à frente do hotel paranaense da Belmond

Após dois anos à frente do Belmond Hotel das Cataratas, Eduardo Bressane está de casa nova. A partir de julho, o executivo é o novo gerente geral do Grand Hyatt São Paulo. Bressane assume o lugar de Yann Gillet, que deixa o hotel paulistano para um novo desafio no comando do Hôtel Martinez, em Cannes, na França.

O Grand Hyatt São Paulo, na verdade, não é uma novidade na carreira de Bressane. Após um período nos Estados Unidos, onde fez sua graduação em Hotelaria, o profissional participou da implantação do hotel paulistano. Ao longo da trajetória profissional, o executivo ainda acumula passagens por outros hotéis de luxo, caso do Fasano, Hilton e Belmond Copacabana Palace, entre outros.

“Após dois anos incríveis a hora de dizer adeus está chegando! Só tenho a agradecer a equipe deste hotel único e maravilhoso. Deixarei grandes parceiros e levo comigo um grande aprendizado. Muito obrigado a todos vocês. Em julho assumo um novo desafio no Grand Hyatt São Paulo, outro grande hotel que também guardo memórias incríveis”, disse Bressane numa mensagem em uma rede social.

Eduardo Bressane: carreira

Bressane é formado em Turismo pela United States International University (Usiu), na Califórnia, onde concluiu pós-graduação em Hotelaria. Foi lá pelos Estados Unidos onde o profissional iniciou a carreira, mais precisamente no Hilton San Diego Mission Valley, em San Diego. 

"Inicialmente, fui aos Estados Unidos para fazer um teste no time universitário de futebol da USIU e visitar uns amigos. Fui aprovado, ganhei uma bolsa e acabei ficando por lá”, disse Bressane, em entrevista publicada em 2007, no Hotelier News. “A opção pelo turismo foi algo natural, pois sempre tive interesse pelo setor. Para me sustentar, paralelamente trabalhava no hotel, onde passei por vários setores até chegar a gerente de Alimentos & Bebidas."

Do grupo Hilton, Bressane se transferiu para a rede de hotéis-boutique Loews Hotels. O retorno ao Brasil só se deu em 2002, quando teve sua primeira passagem pelo Grand Hyatt São Paulo. Permaneceu na propriedade paulista por três anos, mas retornou ao Rio, sua cidade natal, para assumir a gerência de A&B (Alimentos & Bebidas) do Caesar Park Ipanema.

O executivo teve ainda outra experiência internacional. De 2015 a 2017, Bressane atuou no The Ritz-Carlton Chengdu, na China, além de ter participado da inauguração de outros hotéis no país. Logo na sequência, assumiu a gerência geral do Belmond Hotel das Cataratas

(*) Crédito da foto: Divulgação/Belmond

Comentários