Em janeiro, ocupação hoteleira de João Pessoa bateu 80%

João PessoaJoão Pessoa puxa a fila da movimentação turística no estado da Paraíba

A rede hoteleira de João Pessoa teve 83,6% dos leitos disponíveis ocupados durante o mês de janeiro. O índice foi coletado pelo Setor de Estatísticas da diretoria de Economia e Fomento da PBTur (Empresa Paraibana de Turismo). O resultado é 5,92 pontos percentuais superior a igual mês de 2017. Os números gerais levantados pelo órgão mostram ainda que 149 mil diárias foram vendidas no período.

O relatório que aponta esses números é construído mensalmente e não diz respeito apenas à capital do estado. Abarcando outros municípios, o levantamento mostra que o total de turistas estrangeiros aumentou no estado. Se, em janeiro de 2017, a Paraíba recebeu 166 viajantes argentinos e 74 norte-americanos, no mês passado esses indicadores subiram para 601 e 97, respectivamente. No caso dos nossos “hermanos”, a alta verificada foi de 63,53%.

João Pessoa: principais mercados

Ainda segundo o estudo, São Paulo é o principal mercado emissor para os hotéis paraibanos. As cidades paulistas são responsáveis por 19,34% da movimentação de turistas nos empreendimentos locais. Pernambuco (15,59%), Minas Gerais (8,84%), Distrito Federal (8,19%) e Rio Grande do Norte (7,13%) completam a lista. Já na análise regional, o Nordeste lidera com 39,50% do fluxo turístico mensal. 

Ruth Avelino, presidente da PBTur, reforça a necessidade de realizar ações de divulgação tanto dentro, como fora do País, para ampliar ainda mais o acesso ao destino. A executiva também destacou a implementação do voo internacional entre João Pessoa e Buenos Aires, iniciado em julho de 2017, como uma iniciativa importante. 

"Para viabilizarmos o voo semanal e regular tivemos muitas reuniões, discussões e negociações", revela Ruth. "Nos últimos dois anos, foram inaugurados hotéis e pousadas. Além disso, foram abertos restaurantes e outros serviços de infraestrutura", completa a executiva, ao se referir ao crescimento da oferta turística na cidade.

Confirmando o que diz a presidente, o ano de 2017 foi pródigo na instalação de novidade na capital da Paraíba. Redes como a Hplus chegaram à cidade. Além disso, a hotelaria independente também abriu unidades.

 

* Foto de capa: pixabay/Igos Suassuna

Comentários