Em nível global, Hilton Worldwide reduziu, nos últimos cinco anos, 26% da produção de resíduos


Colaboradoras do Hilton Paris Opera fazem a
coleta de sabonetes e garrafas
(foto: divulgação / Hilton Worldwide)

A Hilton Worldwide reduziu em 26% a produção de resíduos em seus hotéis, em nível global, nos últimos cincos. O programa da companhia RePurpose conseguiu atingir a meta estabelecida dois anos antes do prazo estipulado.

Engajada nas questões ambientais, a rede aproveitou a comemoração no último dia 15 do Dia Mundial da Lavagem das Mãos, para anunciar que o Hilton Paris Opera é o primeiro hotel na Europa a firmar uma parceria com a Clean the World. Com o acordo, o empreendimento parisiense incorpora em seus padrões operacionais a coleta de sabonetes e garrafas utilizadas pelos hóspedes, que serão recolhidos pela ONG - a qual tem como base os Estados Unidos e está expandido sua atuação no continente europeu.

A Clean the World recolhe os itens e repassa para a população carente que corre riscos com a falta de higiene. Desde 2009, ano de sua fundação, a ONG contribuiu para a redução de 30% na morte de pré-adolescentes por motivos de doenças relacionadas com higiene. 

No começo deste ano, a Hilton assinou um acordo corporativo com a Clean the World, transformando a rede na maior parceria do segmento hoteleiro em nível global.

"Desde 2009, já distribuímos mais de 700 mil kits de higiene nos Estados Unidos, Canadá e Ásia, um desvio de mais de 3,6 mil toneladas de resíduos para os aterros sanitários", diz Shawn Seipler, fundador e CEO da Clean the World.

Para ele os hotéis europeus têm um forte compromisso com a gestão ambiental e estão sempre procurando maneiras de abraçar novas causas. "Esta expansão é significativa para nós, e não poderia ser melhor do que começar com o Hilton Paris Opera e a Hilton Worldwide", comemora Seipler.

Serviço
hiltonworldwide.com
cleantheworld.org

Comentários