Encatho: Em pesquisa, ABIH e Fecomércio apontam detalhes da oferta hoteleira em SC

encatho- fecomercio e abih-scMoritz e Breithaupt apresentaram parte dos números levantados pela Fecomércio

Numa compilação de dados recolhidos ao longo dos primeiros meses do ano, ABIH e Fecomércio de Santa Catarina apontaram detalhes da oferta de hospedagem no estado. Prestes a ser divulgado, o levantamento foi previamente apresentado hoje (26), durante o Encatho e Exprotel, em Florianópolis. Dentre os indicativos já publicados está o desempenho 2017. Ocupação média de 56% ao longo do ano, diária média em R$ 224 e permanência de 2, 8 dias por hóspede foram os principais quesitos apontados.

Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio estadual, e João Eduardo Amaral Moritz, vice-presidente da câmara de turismo da mesma entidade, apresentaram os números e justificaram a importância do estudo.

"Santa Catarina é um estado com potencial turístico imenso e o setor é responsável por 12,5% do PIB estadual", aponta o presidente. Ele completa assegurando que conhecer o tipo de oferta disponível na região é fundamental para a criação de políticas e ações relacionadas à atividade.

Encatho antecipa números da hotelaria catarinense

Na apresentação dos dados levantados pela pesquisa, a Fecomércio antecipa que 426 meios de hospedagem participaram respondendo perguntas. O questionário aplicado teve 35 itens e divide as propriedades em mesorregiões que compreendem municípios próximos geograficamente. 

No resumo da análise, os pesquisadores observaram que 63% dos equipamentos hoteleiros do estado são hotéis e a média de tamanho da equipe é de 20,6 funcionários. As ofertas chamadas independentes com gestão familiar são 74% do total. Os independentes com administração profissional são 17,6% e as redes representam 8,2% do disponível. 

Hotéis novos são a maior parte do inventário estadual. Cerca de 31% da oferta foi fundada na década 2000, 23% na década 1990 e 21% começaram a operar depois de 2010.

A pesquisa completa, no entanto estará disponível apenas nos próximos dias.

(*) Crédito da foto: divulgação/Fecomércio-SC

Comentários