Encatho: Hotéis precisam de profissionais no comércio eletrônico

De Florianópolis, Santa Catarina* Encatho 27 Numa das palestras que abriu o segundo dia do Encatho - Encontro Catarinense de Hoteleiros, Gustavo Syllos, diretor de Negócios da Bematech CMNet, destacou a necessidade da hotelaria em profissionalizar o departamento de comercio online de serviços. De acordo com o profissional, que ministrou a palestra Era da Mobilidade Digital - Distribuição Hoteleira, atualmente o e-commerce ainda é praticado com pouca atenção entre os empresários do ramo e esta visão precisa ser modificada. "Já passou da hora de apostar em profissionais capacitados no comércio eletrônico e que entendam das ferramantas que viabilizam a venda dos serviços que os meios de hospedagem oferecem", alerta. Syllos chamou atenção para uma ação recorrente na hotelaria, a improvisação. "É comum conhecer lugares em que a administração remaneja funcionários que tem afinidade com tecnologia da informação para as vendas online. Mas isso não é suficiente. A aposta tem que ser feita em pessoas com conhecimento no assunto, com qualificação profissional e acadêmica", acrescenta. Para o diretor, esta pessoa qualificada deve atuar em parceria com todos os departamentos e será responsável por analisar todas as questões referentes ao conteúdo disponível na rede do hotel. O evento segue ocorrendo até amanhã (10), no Centro de Convenções Centro Sul, em Florianópolis (SC).
* O jornalista do Hôtelier News viaja ao sul do País a convite da organização do Encatho.

Comentários