Encatho: Painel discute autoaprendizagem e contratação nos hotéis

AutoaprendizagemPrado falou sobre estímulos aos colaboradores

Com o tema "Hotelaria Aprendente", Jorge de Prado iniciou o painel "Aspectos humanos na Operação", dentro do Encatho e Exprotel. No ensejo, o executivo falou sobre os caminhos que estimulam a autoaprendizagem dos profissionais que atuam nessas áreas. O palestrante dividiu a apresentação em ações possíveis e formas de conhecimento.

"A ideia da hotelaria aprendente surge com a visão do próprio Senac-SC, de como valorizar e capacitar os profissionais da hotelaria", explica.

O foco da entidade, segundo Prado, fica principalmente na ideia de organização de dados, junção de informações e em como transformar tais fatores em conhecimento. Ao todo, ssegundo ele, são quatro formas de aprender identificadas: vivência concreta, observação reflexiva, conceituação abstrata e experimentação ativa. Sendo a última delas a mais importante no modelo de cursos Senac.

"A nossa atenção é voltada para o que o aluno absorveu e entendeu, não para notas", diz. "Notas não cabem mais em uma avaliação profissional", complementa. Dentro da cultura de avaliaçõa e conhecimento explicada pelo orador, jogos e situações nas quais a competitividade é instigada são ferramentas valiosas. 

Encatho: ações importantes do profissional

Prado termina sua fala provocando um reflexão sobre o comportamento dos profissionais hoteleiros e a respeito da população brasileira. "Falta, por muitas vezes, um livro. Ler é essencial para qualquer um, e o brasileiro precisa entender isso. Isso vale para o mercado hoteleiro também". 

Para sustentar o apontamento, o palestrante mostrou uma pesquisa do próprio Senac que afirma: o brasileiro lê, em média, três livros por ano.

Na continuidade do painel, Pryscilla Silveira, especialista de RH e psicologia, traçou um comparativo entre o cinema e a hotelaria. Ela utilizou os antônimos "vilão" e "mocinho" para explicar a atuação, respectivamente, de recrutadores e candidatos. "A profissionalização ajuda no envolvimento das pessoas. No caso do recrutador, por exemplo, esse é o principal ponto para progredir em um processo seletivo excelente", diz.

Sites de vagas, testes online, dados compilados, entre outras noções do mercado de trabalho foram abordadas para falar do movimento tecnológico no âmbito.

(*) Crédito da Foto: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários