Encatho: Wier apresenta equipamento para purificação de ambientes na feira

WierGeradores de ozônio

Criada a partir de um projeto na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), a Wier participa do Encatho e Exprotel para prosperar dentro da hotelaria. A empresa é fabricante de aparelhos que higienizam e purificam o ar utilizando tecnologias de plasma frio e ozônio. O trunfo da companhia é a extinção de produtos químicos, qua são substituídos pela utilização equipamentos automáticos. 

Bruno Mena Cadorin, CEO da empresa, explica que a facilidade de utilização fez com que a empresa tivesse entrada com meios de hospedagem. "Trata-se de um equipamento ligado na tomada e que com algo entre 20 e 30 minutos purifica o ar de um ambiente todo", resume. O tempo citado pelo executivo dá conta de um apartamento de até 30 m².

Candorin esclarece que o ozônio produzido pelas máquinas é capaz de eliminar até 99% dos microrganismos presentes nos ambientes. Além do mercado hoteleiro, o aparato é vendido para a demanda de piscinas, bebidas em geral, como cerveja ou suco, e no tratamento de efluentes.

Contato com hotleiros na Encatho

Participando do Exprotel, dentro do Encatho, o CEO da empresa esclarece que a ideia da Wier buscar novas oportunidades no ramo hoteleiro. De acordo com ele, há potencial para crescimento nesse mercado, sobretudo num cenário que pede otimização de processos.

O produto está há cinco anos no mercado e há três em comercialização com meios de hospedagem. Além disso, o contato com os empreendimentos acontece por intermédio do gerente-geral ou da governanta. 

Cada aparelho custa, em média R$ 4,4 mil e atende hotéis com acomodações de variados tamanhos. A rede Windsor Hotéis e o Il Campanario Resort, em Florianópolis (SC), são alguns dos empreendimentos que utilizam o produto.

(*) Crédito das Fotos: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários