Equipotel: Girbau aposta em redes hoteleiras para expandir negócios

GirbauBarreira: hotéis de 4 e 5 entrelas são o foco

De origem espanhola, a Girbau atua há 21 anos no segmento de equipamentos para lavanderias no Brasil. Com 15 filiais espalhadas pelo país, a empresa tem parcela importante das vendas destinada à hotelaria. Na carteira de clientes estão, principalmente, hotéis de quatro e cinco estrelas, informa Paulo Barreira, diretor da marca no Brasil e em Portugal.

Segundo o executivo, a maior incidência dessa categoria de hotéis na carteira se dá por conta da demanda específica dos segmentos upscale e luxo. Para ele, esse perfil de empreendimento tem uma demanda maior de peças para lavagem e secagem, muito em função do perfil dos hóspedes.

Barreira destaca ainda que, embora tenha boa penetração no mercado hoteleiro, participar de feiras como a Equipotel, aberta na terça-feira, é bom para a marca. "Além de oferecer produtos que facilitem a vida dos empreendimentos e seus clientes, entendemos a importância de participar de feiras como a Equipotel. Assim, temos mais visibilidade na indústria de fornecedores", afirma.

Girbau: presença no mercado

No Brasil, a Girbau tem uma atuação voltada predominantemente para a região Nordeste. Segundo Barreira, a empresa tem um grande número de hotéis dos estados de Pernambuco e da Bahia entre seus clientes.

O país, contudo, está longe de ser o principal mercado da companhia espanhola. Europa e Estados Unidos respondem pela maior fatia do faturamento global. “Nos EUA, além da hotelaria, a Girbau atende também a lavanderias comerciais e residenciais, que são bem comuns por lá”, explica Barreira.

Com fábricas na Espanha, França e China, a Girbau tem uma ampla linha de produtos, que vai desde máquinas de lavar a equipamentos de dobragem. Esse portfólio se divide ainda em três divisões: Comercial, para pequenas e médias lavandarias; Vended, destinada ao segmento de autosserviço; e Industrial, voltada para empresas com grandes necessidades de produção, caso da hotelaria.

(*) Crédito da foto: Lucas Kina/Hotelier News

Comentários