Equipotel: Sorbos lança primeiro canudo comestível do mundo

equipotel- sorbosCanudos são feitos de amido de milho, gelatina e açúcar

A questão da sustentabilidade sobre o uso de canudos plásticos impactou diversos mercados. Desde então, muitas alternativas apareceram, entre elas, a criação da Sorbos vem se destacando. A empresa espanhola lançou o primeiro canudo comestível do mundo, sucesso na 57ª Equipotel, aberta dia 10.

Há dois anos no mercado e oito meses no Brasil, a startup iniciou sua atuação no setor de alimentação e agora busca penetração no mercado hoteleiro. O produto é feito a base de amido de milho, gelatina e açúcar, com oito sabores disponíveis: chocolate, canela, lima, maçã verde, morango, limão, gengibre e neutro. Os canudos possuem 23 calorias e 0% de glúten e 0% lactose.

“O produto está sendo um sucesso por seu caráter sustentável aliado a experiência que você cria para o consumidor de saborizar o drink com o canudo”, explica Fernando Simão. Com durabilidade entre 30 e 40 minutos, os canudos da Sorbos são feitos apenas para bebidas geladas. 

“A hotelaria ainda é um mercado recente para nós. No Brasil, a rede Meliá foi a primeira a posicionar a compra”, conta. “Criamos o produto pensando no setor de alimentação, que ainda é o nosso foco principal”, complementa.

Equipotel: investimento

A Sorbos atua tanto no atacado quanto no varejo. O primeiro funciona com caixas de 200 canudos pelo valor de R$ 220, o que representa R$ 1,10 a unidade. No varejo, são cartuchos com 16 canudos, por R$ 40, sendo R$ 2,50 cada.

Em apenas dois anos, a empresa já marca presença em 32 países e recebeu nove prêmios como startup revelação e de sustentabilidade. “O mercado tem outras opções como inox ou papel, mas o nosso é único”, finaliza Simão.

(*) Crédito da foto: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários