Etoile George V Itaim: versão long stay, discrição e mordomia

Com 14 andares, prédio do Etoile George V Itaim é mais um dos arranha-céus que compõem a arquitetura urbana do Itaim Bibi, na zona oeste da capital paulista (fotos: Dênis Matos)
Quando da visita ao Etoile George V Itaim, às vésperas do outono ser fato no calendário, sentei-me à mesa logo na chegada para conversar com Larissa Queiroz, assistente de Marketing, e Adriana Beselga, coordenadora de Vendas, ambas da rede Etoile - que administra o empreendimento. Pedi um café, sem açúcar ou adoçante, como costumo fazê-lo.
Coisa de duas da tarde, após o almoço, repeti o ritual. A xícara me chegou junto a um sorriso e a indagação: "Sem açúcar, não?". O fato me serviu como confirmação da ideia de exclusividade que permeia todo o hotel, situado no Itaim Bibi, zona oeste da capital paulista. As executivas que entrevistei afirmavam isso, e pude ter certeza com o conhecimento a posteriori.
Daí à frente os detalhes reverberaram: carta de boas-vindas no apartamento, "faço questão de carregar suas malas", ligações perguntando se eu precisava de algo e mais algumas mesuras. Parte delas, necessário sublinhar, levava o nome de Priscila Marques, mordomo do hotel que me acompanhou durante a estada.
Desfazer as malas ao chegar e arrumá-las quando da saída. Compras de supermercado. Organização de closet. Polimento de sapatos. Auxílio para serviços como costureira, sapateiro e lavanderia. Reservas de teatros, shows, passagens aéreas, locação de veículos. Os itens são parte do rol de mimos que me foi colocado à disposição.
Não fiz uso de quase nenhum deles. Mas a mordomo, há de se sublinhar, frisava copiosamente que estava ali para possibilitar tais regalias.
A isso some um hotel com decoração sóbria, arranjos de flores por todos os lados, arquitetura discreta e espaços severamente arrumados - como se tudo o que se via ali nunca fora tocado. Acrescente-se ainda um restaurante intimista, com luzes sutis e cardápio orgânico composto por opções leves - porém não menos saborosas - e algumas possibilidade de relaxamento com piscina, sauna e afins.
Bem-vindo, estamos no Etoile George V Itaim.
Por Dênis Matos*
 
Meio de hospedagem tem cerca de 50% dos apartamentos destinados a moradores
Um drink de boas-vindas na recepção
Orquídeas simetricamente distribuídas no lobby dão indícios do ar sóbrio e de tons discretos
Priscila Marques, mordomo que me acompanhou na visita
As executivas Adriana Beselga e Larissa Queiroz
 
Em todas as áreas comuns, as cores são sutis
 
Junto ao lobby central, a mesa dos concierges, que também podem possibilitar aos hóspedes serviços diversos
Na área oposta à recepção, uma espécie de praça a céu aberto serve de espaço para descontração
Dá para perder algumas dezenas de minutos por ali
E facilmente esquecer que estamos na capital paulista, em meio ao estampido das buzinas comuns à cidade
 
E o melhor: é possível realizar as refeições num anexo à praça...
...Que é a área do...
 
Jorge
À época da visita do Etoile Itaim, o Jorge, restaurante da casa, passava por um processo de renovação. Um reforma da cozinha fora feita, e o bufê, fonte de desperdício, teria seu serviço alterado para o sistema à la carte.
O menu ganhou pratos leves, que vão de saladas a sopas, passando por sanduíches, pizzas vegetarianas, massas e pratos principais. Boa parte das refeições é feita com ingredientes orgânicos e certificados, sublinhe-se, de produtores conhecidos. Todavia, nossa visita fora nos idos do sistema antigo.
O restaurante é pequeno, com luz baixa e tom intimista
 
 
O restaurante tem também uma espécie de lobby bar
  
 
Com cozinha nacional e internacional, o restaurante trabalha com alguns produtos orgânicos
 
Como a ideia é possibilitar uma alimentação mais saudável, sem perder o sabor dos alimentos, há uma grande variedade de frutas e iogurtes 
Alguns pães e bolos são produzidos na cozinha do próprio hotel
 
 
Opções de frios, cereais e pães, que podem ser torrados na hora
Sucos naturais e...
...O pão de queijo, que apesar de seguir a receita mineira, a essa altura já é quase paulistano
 
Os chás também são preparados na hora
 
Pratos sofisticados da gastronomia orgânica. Nota-se que há algumas opções árabes
Kibe assado coberto com nozes
Penne ao alho e óleo com bacalhau
Couves-flores e brócolis cozidos
 
 
Algumas opções de condimentos, azeites de ervas, pimentas e, por último, um fumegante Filé San Pierre ao molho pesto
Acima, frutas e sobremesas, preparadas em tamanho ideal para que você perca o autocontrole e prove cada uma delas
 
Apartamentos
Com 84 unidades habitacionais - com opções de 60m² e 80m² -, o Etoile George V Itaim tem insígnia de long stay. Os quartos são enormes, com closet, uma varanda em que se projeta diversos recortes da capital paulista, sala de estar e afins.
Todos equipados com cozinha, minissala, balcão e mesa para refeição. O banheiros têm tons claros, com box em mármore, banheira com hidro, secador de cabelo, roupão e chinelo personalizados e por aí vai. A ideia, ao adentrar num deles, é que se está de fato numa casa. Há quem diga que os hotéis não devem causar tal sensação e eles têm por obrigação tirar o cliente do ambiente cotidiano. E há também quem advogue pelo contrário, afirmando que os muitos engravatados que estão semanalmente em meios de hospedagem querem mesmo se sentir em seus próprios lares. Viva a controvérsia. O fato de que ambas as percepções são possíveis no Etoile Itaim - sem que a qualidade seja minguada em nenhuma das hipóteses. E, de qualquer forma, quase metade dos apartamentos são utilizados por moradores, mesclando hotelaria ao conceito residencial - o que também justifica a estrutura do meio de hospedagem.
 
Apesar da ideia de que o hóspede não deve se sentir em casa, mas sim num lugar diferente que nem por isso não te seja aconchegante, pode servir de baliza no Etoile George V Itaim
 
Até mesmo panelas para que o "residente", por exemplo, receba amigos e cozinhe estão à disposição no apartamento
Mas aí o ar de "lar" não se confirma com as mordomias disponibilizadas ao visitante - a exemplo da carta de boas-vindas
CD Player e internet próprios em todos os quartos
A saleta faz par com o restante do empreendimento, e segue com cores sóbrias e sem grandes extravagâncias 
 
Por receber muitos brasileiros de outros Estados e até mesmo estrangeiros, o hotel disponibiliza alguns guias sobre a cidade
Detalhe: não estamos diante de um espelho ao centro da imagem, e sim de dois ambientes, divididos por uma porta corrente, onde há televisores em ambas as partes
O grandioso apartamento, de 60 m², tem closet próprio - onde está instalado o cofre digital
A cama King Size tem enxoval de algodão egípicio e conta com um seleto menu de travesseiros
 
Os amenities são da Natura e nada daquele pente, terrível, diga-se de passagem, feito de material plástico
Outro clique da sala, que tem luz baixa...
...Apesar de que da varanda do apartamento, de onde aos olhos se projeta um pouco das linhas do bairro, correr uma forte iluminação natural; minguada pelas cortinas
 
Há também unidades habitacionais com duas suítes, sendo uma delas com duas camas de solteiro
Essas UHs, pasmem, tem imensos 80 m²
Lazer e eventos
Mesmo com esse tom de discrição que vez ou outra dá a ideia de que não há ninguém pelo prédio, o Etoile Itaim faz jus à sua localização paulistana e oferece serviços para o hóspede de negócios.
Tem uma pequena área para eventos, com business center e sala de reuniões. Uma pequena piscina aquecida, sauna e academia de ginástica fazem parte da área de lazer.
Localizada no último andar, a academia de ginástica chega a ser grande para o porte do empreendimento
    
Os equipamentos são novos e dispostos de forma a não atrapalhar os exercícios ali realizados  
Em torno da piscina, guarda-sóis e toalha à disposição
Cercada por vidros e aquecida, a piscina é um dos pontos de onde é possível visualizar a displicente arquitetura da capital 
  
Ainda que pequena, a área de fitness atende bem a demanda do hotel
Itaim Bibi Considerado atualmente parte de uma região nobre da capital paulista, o Itaim mescla residências, quitandas, padarias, restaurantes e um imenso leque de comércios - apesar de ter perdido as características de "popular" nos últimos anos. O Distrito de Paz de Itaim, nome primeiro do bairro, data dos idos de 1934, que tinha suas origens ligadas às propriedades rurais do século 19. Atualmente é distrito da zona oeste da cidade e administrado pela subprefeitura de Pinheiros. Contudo, no início deste século, era pertencente à zona centro-sul da capital e gerido pela Subprefeitura de Santo Amaro. Diferente do que se pensa, por ser um distrito, abrange outros bairros, como a Vila Olímpia e o Brooklin Novo - regiões famosas para os adeptos à vida noturna. Há também muitas empresas, principalmente multinacionais, que se instalaram no entorno e fizeram do Itaim um dos metros quadrados mais caros do município.
Com insígnia que mescla o residencial e o comercial, o Itaim Bibi não é apenas um bairro, mas um distrito
pertencente à zona oeste da capital paulista
 
A região é bem arborizada e, à exceção do trânsito,
ainda conserva ares de bairros tradicionais de São Paulo
A área de rua João Cachoeira é o espaço comercial do Itaim
 
De loja de brinquedos a restaurante oriental...
 
 
...O Itaim Bibi congregra a chamada área nobre da terra da garoa
 
 
Apesar deste símbolo, o comércio no entorno congrega opções...
 
...Para diferentes bolsos e gostos, indo de adereços simples a objetos e serviços mais sofisticados
O Brascan Century Plaza é um pequeno centro comercial do bairro. Pelo horário de almoço, o caos impera no local, que comumente atende funcionários das muitas empresas que têm sede no entorno
O famoso cruzamento João Cachoeira / Tabapuã, que está para o Itaim como o Ipiranga / São João está para o centro de SP
Serviço
Etoile George V Itaim
Rua Pedroso Alvarenga, 610 - Itaim Bibi - São Paulo (SP)
11 3704-0101
www.etoilehotels.com.br * O jornalista do Hôtelier News se hospedou no empreendimento a convite da rede Etoile.

Comentários