Etoile George V Jardins: qualidade para curtas, médias e longas estadas

Prédio do Etoile Jardins (fotos: Dênis Matos)

Há um contraste desenfreado em diversas partes do Etoile George V Jardins. A elegância do hotel, situado no bairro dos Jardins, região nobre da capital paulista, reside justamente neste aparente desencontro - que acaba trazendo modernidade ao meio de hospedagem e uma insígnia de hotelaria mais contemporânea. A estética é clássica, sem ser quadrada. O conceito é long-stay, com ar de casa mesmo, mas os serviços e a disposição dos apartamentos não permitem que se imagine num lar. O atendimento é feito com lisura, sem ganhar tom de formal. É inegável, há de se dizer, que os paradoxos nem sempre se contrapõem. O prédio é delineado com tijolinhos à vista, à entrada há um porte-cochère onde figuram sempre recepcionistas e o silêncio tem ar constante já na recepção do empreendimento. Nas paredes em mármore do lobby, telas retangulares em que predominam quadros expressionistas acima de sofás sublinhados em cor pastel - ornando com o que é visto pelo chão. Flores discretas e luz baixas também são coadjuvantes, obrigado.

Prédio segue arquitetura do bairro e tem traços residenciais

Deixaram-me a convicção de que essa sobriedade latente pode ser identidade primeira numa unidade hoteleira. As suítes - ah, as suítes - estão disponíveis nas metragens de 66, 117 e, pasmem, 182 m². É possível promover uma festa, tranquilamente, para dez pessoas sem ter grandes problemas logísticos. Ou, aos bem providos de bens financeiros, simplesmente residir com familiares e afins pelos quartos do Etoile Jardins. Um serviço primoroso, restaurante com cardápio orgânico - fruto de parceria com pequenos agricultores que visa a garantir a qualidade dos alimentos -, opções de lazer e o próprio bairro onde está localizado completam a experiência Etoile George V Jardins. Bem-vindos! Por Dênis Matos* Apartamentos Os quartos - ou melhor, as semicasas - são o que se pode chamar de carros-chefes do meio de hospedagem. Espaçosos, confortáveis, bem equipados e outros adjetivos formam a definição dos apartamentos. Eles são divididos em salas - com mesa para jantar - cozinha, lavabo, suíte e varanda. Todos contam com camas king-size com enxoval de algodão egípcio - dá para passar horas dormindo nelas, há de se dizer. Acrescente-se aí um menu de travesseiro, ar-condicionado para cada um dos ambientes e toalete todo em mármore - equipado com banheira com hidromassagem, amenities de boa qualidade e roupão e chinelos personalizados. Áreas de eventos, lazer e fitness Obedecendo ao conceito intimista e discreto do Etoile George V Jardins, as áreas de lazer e eventos do empreendimento seguem à risca tais preceitos. São espaços pequenos, mas bem equipados, para atender exclusivamente à demanda do meio de hospedagem. Quanto ao lazer, dispõe de piscina aquecida, hidromassagem, sauna seca e fitness center. Para eventos, há uma sutil sala de reuniões - bem confortável - e um business center. Jorge Restaurante Óleo de girassol, flores comestíveis, 70% das verduras e frutas orgânicas, azeite extra virgem, ervas frescas e frangos e ovos orgânicos. Essas são as características primeiras do Jorge Restaurante, que atende a hóspedes e passantes no Etoile Jardins. "Esta é a comida de casa, que nos aquece a alma, conforta e traz consigo as melhores lembranças". Palavras que marcam a filosofia do espaço. A ideia é aliar saúde a pratos saborosos. Os produtos utilizados são, em maioria, sazonais, no intuito de trazer mais frescor às opções. Pequenos agricultores e produtores familiares suprem a demanda do Jorge. No cardápio, até mesmo a pizza - antiga conhecida da baixa gastronomia - é elaborada com viés saudável. Café da manhã Os matinais oferecidos no Jorge, notadamente, seguem a filosofia e o conceito do restaurante, sempre trabalhando com produtos orgânicos. A ideia, como eles mesmos definem em seu cardápio, é "resgatar de alguma forma a maneira como nossos avós preparavam o alimento". A missão, há de se dizer, é cumprida com o menu oferecido. Há duas opções principais: o Café da manhã à mesa "buffet", espécie de café Continental; e a Cozinha a minuto, com algumas opções quentes como ovos e omeletes. No primeiro, pães salgados e doces, frutas da estação, iogurtes, coalhada, queijos prato, branco e emmenthal, presunto e blanquet de peru são parte do cardápio. Já no número dois dos matinais, sanduíches, açaí, milk shake, ovos em diversas vertentes e,  acreditem, oito tipos de omeletes figuram entre as escolhas do hóspede. O bairro Situado numa das áreas mais nobres de São Paulo, o Jardins aparece como um dos bairros número um em termos de qualidade de vida e, sublinhe-se, especulação imobiliária. É um dos metros quadrados mais caros da cidade, sem sombra de dúvidas. Crème de la crème da capital paulista, a região pertencente à zona Oeste do município congrega na verdade três áreas nobres: o Jardim Paulista, o Jardim América, o Jardim Europa e o Jardim Paulistano. O Etoile Jardins figura na primeira delas. Com mescla comercial e residencial, abriga arranha-céus e muitos símbolos que representam a megalópole São Paulo. Museus, teatros, cinemas, bancos, comércio que vai do popular à sofisticação exacerbada, entre outros pontos, configuram a região. A vida noturna também é chamariz de primeira, obrigado. Ah, a avenida Paulista, número um da metrópole, é parte primeira dos Jardins e não precisa de propagandas para ser visitada.
Serviço Etoile George V Jardins Rua José Maria Lisboa, 1000 - Jardins - São Paulo (SP) 11 3088-9802 www.etoilehotels.com.br
 * O jornalista do Hôtelier News se hospedou no empreendimento a convite da rede Etoile.

Comentários