Europa fecha janeiro com boa performance, aponta STR

STR - Europa_janeiro2020_BudapesteVisão aérea de Budapeste: cidade húngara teve alta recorde de RevPar

Após expansão moderada em 2019, a hotelaria europeia abriu o ano com pé direito, indicam dados da STR. Hotéis da região encerram janeiro com alta nos três principais indicadores do setor. Apesar do inverno apertar no continente, o crescimento do RevPar foi acelerado pela boa performance da ocupação. Destaques positivos para Budapeste e Paris.

No geral, a hotelaria europeia encerrou janeiro com crescimento de 1,4% frente igual período de 2019 na ocupação (58,5%). Puxado pelo indicador, o RevPar avançou 1,8% na mesma base de comparação, para € 59,18. Com incremento mais leve, a diária média subiu 0,5%, para € 101,14, informa a STR.  

STR: Paris e Budapeste

Na capital francesa, os níveis de ocupação (+8,7%, para 70,8%) foram os mais altos para janeiro em toda série histórica da STR. Em paralelo, a diária média (+6,4%, para € 206,98) chegou ao patamar mais elevado para o mês desde 2013. Com isso, o RevPar cresceu em dois dígitos (+15,7%, para € 146,48). Analistas da STR apontam que eventos de grande porte ajudaram no resultado.

Em Budapeste, diária média e RevPar subiram em dois dígitos, registrando os níveis mais altos para qualquer janeiro analisado. Enquanto o primeiro indicador avançou 18,1% (para 26.672,01 florins), o segundo teve alta de 28,4% (para 15.735,94 florins). A ocupação também teve variação positiva considerável, subindo 8,7%, para 59%. A base de comparação é anual.

(*) Crédito da capa: Alexander Kagan/Unsplash

(**) Crédito da foto: Bence Balla-Schottner/Unsplash

Comentários