Evento cervejeiro reflete em boa ocupação e divisas para turismo de Blumenau (SC)

(foto: divulgação / Pixabay)

Evento oriundo da Alemanha, onde acontece sua principal edição ao redor do mundo, a Oktoberfest encontrou também em Blumenau (SC) - cidade também fundada com influência germânicas - apelo e público fiel. Este ano, na 33ª realização da festa em sua versão catarinense, a atração de turistas voltou a satisfezer empresários que lidam diratamente com o setor de viagens. Dados da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) ldo Estado ratificam a boa temporada num balanço que aponta para ocupação de 91,6% dos leitos hoteleiros nos fins de semana em que o festival permaneceu acontecendo.

O número é 3,3 pontos percentuais superior ao verificado na mesma época um ano antes. E se a ocupação foi satisfatória em também atendeu as expectativas quando o assunto é rentabilidade. o setor teve crescimento de 3,9% no caixa. 

Na comparação com o período anterior à Festa, o aumento do faturamento foi de 23,2%, puxado principalmente pela Vila Germânica (78,9%) e hotéis e pousadas (54,2%).

Além da boa performance hoteleira, outro ponto destacado pelo relatório da Fecomércio foi a mudança de perfil dos viajantes levados à Santa Catarina pelos festejos. A comparação foi feita entre os índices coletados em 2011 e os deste ano.

Os jovens de 18 a 25 anos, que correspondiam a 29,5% em 2011, hoje são 13,5%. Já a faixa etária de 36 a 45 anos subiu de 13,8% para 22,3%. Pela segunda vez consecutiva, os solteiros ficaram atrás dos casados; há cinco anos eles eram a maioria (60%), em 2016 representam 44,4%.

Se antes o público masculino (64%) superava o feminino (36%), atualmente esta equação é equilibrada: 50,5% e 49,5%, o que reafirma a vinda de casais. O indicador 'grupo de viagem' também mostra que a presença de turma de amigos (35,3%) se mantém superior aos demais, mas vem caindo na série histórica, dando lugar às famílias (30,1%) e casais (26,6%), que juntos somam 56,4%.

Os turistas vindos de outras regiões de Santa Catarina representam 36,2% dos frequentadores, seguidos pelos paulistas (19,9%) e os mineiros (9,1%), que neste ano superaram aos fluminenses (8,5%).

A pesquisa foi realizada com 895 turistas e 357 estabelecimentos comerciais de Blumenau entre os dias 24 e 26 de outubro. 

Serviço
fecomercio-sc.com.br

Comentários