Evento que tem o bem-estar como tema deve causar acréscimo de 20% para hotelaria de Paraty (RJ)

ParatyCidade tem construções coloniais como marca registrada

Começa amanhã (11) a edição 2018 do Paraty Spa Days. Com duração de 10 dias, o evento coloca o bem-estar como assunto principal da cidade do litoral fluminense e movimenta a hotelaria da região. A expectativa para o período, segundo dados do Paraty Convention & Visitors Bureau, é que os hotéis tenham incremento de 20% na ocupação frente a datas comuns para este mercado.

Hans Neus, diretor do Paraty Convention, reitera a boa expectativa da hotelaria e classifica os eventos como vitais para a movimentação na cidade. "São uma excelente oportunidade para aqueles que não perdem a chance de aproveitar os momentos de folga para viajar e cuidar do corpo e da mente", afirma. 

Durante o Paraty Spa Days, 11 estabelecimentos, entre spas e pousadas, oferecem tratamentos de relaxamento, estéticos e energéticos. A ideia é fazer com que a cadeia turística da cidade participe ativamente da atração. Os tratamentos terão preços especiais, que podem superar 50% de desconto. 

Paraty: calendário de eventos

Neus explica que a elaboração de uma agenda de eventos foi a saída para equilibrar o turismo da cidade. De acordo com o dirigente, o destino tinha muita movimentação na alta temporada e via minguar o movimento durante a baixa. A solução foi montar um calendário de eventos que preenchesse os meses com menor fluxo. 

"Temos um calendário bem amplo com atrações culturais, esportivas e até corporativas. Tudo concentrado na baixa temporada", comenta o diretor. "Estamos falando de uma cidade que tem o turismo em um patamar de muita importância", complementa.

A tática para aumentar a movimentação tem ainda uma peculiaridade. Os organizadores procuram, ao máximo, realizar eventos que atraiam grupos de interesse. Assim garantem a presença de "tribos" a cada nova realização.

Ainda segundo Neus, São Paulo e Rio de Janeiro são os dois principais mercados emissores da cidade. E, habitualmente, os visitantes que chegam permanecem mais que um dia, por isso o impacto também nos hotéis da região.

Os feriados também tem sido motivo de boa movimentação na cidade. A Páscoa, por exemplo, teve performance de destaque, com ocupação média de 95%.

(*) Crédito da foto: André Babilônia/Arteiras Comunicação

Comentários