Fernando de Noronha (PE) implanta projeto piloto de iluminação pública com energia solar


(foto: divulgação/Setur-PE)

O arquipélago de Fernando de Noronha acaba de receber um projeto piloto que utiliza a energia solar para ações como iluminação pública e sinalização da BR 363. O investimento total da iniciativa, dividida em três etapas, será de mais R$ 307 mil. A princípio, as regiões do Bosque Flamboyant e da Escola Arquipélago, na Floresta Nova, e toda extensão da BR Miguel Arraes de Alencar serão beneficiadas. Segundo o governo do Estado de Pernambuco, até o fim desta semana todo o sistema estará em funcionamento.

A nova tecnologia irá proporcionar redução nos gastos públicos, de danos ao meio ambiente, além de promover maior segurança aos moradores pedestres e turistas da ilha.

Durante a primeira etapa, será implantada uma faixa inteligente de pedestres alimentada por painéis fotovoltaicos. As seis barras luminosas de LED de alta intensidade irão piscar de forma intermitente, com lentes de policarbonato resistente à raios UV e à prova d'água. A faixa ficará em frente a Escola Arquipélago, na Floresta Nova.

Também foram colocados dois postes de luz que vão iluminar a passagem dos pedestres diariamente das 18h45 às 5h15.

Serviço
noronha.pe.gov.br

Comentários