FHAN: Marcelo Marinho conta a história de sucesso do Yoo2 Rio

De Olinda, Pernambuco*

FHAN 2019 - Marcelo Marinho

No último dia da HFN 2019, aberta quarta-feira (6), Marcelo Marinho, diretor Executivo da ICH Administração abriu os trabalhos do FHAN (Fórum de Hospedagem e Alimentação do Nordeste). Em sua palestra, o executivo contou como seu deu o processo de construção de marca do Yoo2 Rio de Janeiro by Intercity.

Turismólogo formado em Recife, o executivo – hoje residente em Porto Alegre - ressaltou a importância do conceito “life style” no empreendimento desde o seu projeto, mas também no DNA atual do hotel. “Queríamos uma marca inovadora tanto na experiência do hóspede, quanto na gestão”, destaca. Segundo Marinho, a propriedade foi pioneira em diversos serviços ofertados aos hóspedes na hotelaria, como wi-fi gratuito e check out otimizado.

O lançamento do empreendimento, que teve assinatura do renomado arquiteto Philippe Starck, foi desenvolvido para ser alvo de desejo. Mais ainda, teve a exigência de ser concebido como um hotel com “local soul” (alma local), como definiu Marinho. “Além do design único no mobiliário, investimos em uniformes, amenities, playlist com curadoria específica e grafite que causasse identificação da essência do carioca dentro do empreendimento”, explica. “Também tivemos o cuidado de incluir como itens do frigobar chá mate e biscoito Globo, produtos típicos da cultura carioca”, completa.

FHAN: colaboração é tudo

Marinho também destaca as diferentes parcerias que viabilizaram a oferta de mimos para os hóspedes que tornam a estada ainda mais surpreendente. “Do enxoval aos chinelos, passando pelo chef escolhido para assinar os cardápios, tudo foi concebido dessa forma, em colaboração”, afirma. 

O executivo destacou também o contexto de lançamento do empreendimento, o que tornou a empreitada ainda mais desafiadora. “Era uma marca totalmente nova, o que naturalmente gera alta expectativa dos investidores no retorno do investimento. Além disso, o Rio vivia um período de aumento na oferta hoteleira da cidade, e em um período de crise econômica no estado e na capital fluminense”, destaca. “Com três anos de existência, já alcançamos várias premiações de renome no mercado”, acrescenta.

E mesmo após o lançamento ter sido um sucesso, nem tudo é um mar de rosas, explica Marinho. “Os desafios continuam”, revela. Entre os pontos continuam críticos da operação, ele cita a elevada oferta de leitos na cidade, o que pressiona a diária média, além da imagem do Rio estar abalada devido a questões de segurança e outros fatores de questão pública. “Por isso, além do empreendimento, precisamos vender o destino”, comenta.

Entre os segredos do sucesso do hotel, Marinho enumera o equilíbrio e diversidade do público, com os segmentos corporativo e de lazer bem balanceados, além do conceito de luxo acessível. “A área de A&B (Alimentos & Bebidas), que para muitos pode dar prejuízo, para nós representa 40% do faturamento”, finaliza.

(*) A reportagem do Hotelier News viaja a Olinda a convite da HFN

(**) Matéria de Marília Gilka, em colaboração ao Hotelier News

(**) Crédito da foto: Peter Kutuchian

Comentários