Fórum destaca o viajante negro no turismo brasileiro

viajante negroSão Paulo e Salvador receberão o evento

O papel do viajante negro no mercado turístico brasileiro ainda é um assunto pouco discutido. Entre os dias 23 e 25 de julho, São Paulo e Salvador receberão a primeira edição do fórum “O Viajante Negro do Brasil: Reconexões Através do Turismo”. As rodadas de conversas e debates vão levantar reflexões sobre as possibilidades de reconexão dos afro-brasileiros com o continente africano através do turismo.
 
O evento tem curadoria da turismóloga Thainá Santos e será dividido em três painéis: “Turismo e Relações Étnico-Raciais”, com a presença de Denise Rodrigues - mestranda de Turismo na EACH-USP em São Paulo e Tâmara Azevedo - Secretaria de Turismo do Estado da Bahia - em Salvador.  O primeiro debate abordará questões como o racismo, preconceito, discriminação racial e invisibilidade do negro como protagonista das suas atividades de lazer e turismo.
 
No segundo, o tema “Turismo e a Experiência Afrocentrada no Brasil”, Solange Barbosa, da Rota da Liberdade; Liliane Jacintho, da Plana Turismo de Experiência; Belisa Amaral, da Bitonga Travel discutirão o painel em São Paulo. Na capital baiana, Lázaro Cunha, do Instituto Steve Biko e Sauanne Bispo, da Go Diáspora entre outros nomes falarão sobre o afroturismo e novas formas do viajante negro se relacionar com a experiência turística.

Viajante negro: África do Sul

Para o encerramento, a África do Sul será debatida como destino turístico no painel “O que é a África do Sul pra você?”. Nele, Nataly Neri, da Afros e Afins; Kauê Silveira  do portal Hypeness; Diego Mouro, artista Visual e muralista; Gabi de Oliveira, do DePretas;  Luci Gonçalves, criadora de conteúdo e o fotógrafo Wendy Andrade, que já tiveram a oportunidade de conhecer o país convidados pelo Turismo da África do Sul, falarão sobre suas diferentes experiências de reconexão.

Em São Paulo, o fórum será realizado dia 23 de julho no Unibes Cultural a partir das 18h30, e, no dia 25, em Salvador, no Mundo Plaza a partir das 19h. Ambos os eventos serão abertos ao público e gratuitos.

(*) Crédito da foto: Divulgação/South Africa Tourism

Comentários