Fórum Online de Hotéis Independentes discute como ter uma marca de sucesso

Kutuchian: Hotelaria é acolhimento

Como elevar meu empreendimento ao nível das grandes redes? Essa pergunta já deve ter passado pela cabeça de todo hoteleiro independente. O segundo painel do FOHI (Fórum Online de Hotéis Independentes) foi pensado para debater esse questionamento e outros aspectos que giram em torno da marca. Decorrendo sobre o tema “Hotel com alma: tenha uma marca de sucesso e seja referência em sua região e nicho”, estavam Peter Kutuchian, fundador e CEO do Hotelier News e Liv Sobran, do Liv 360°. A conversa foi mediada por Maycon Gabry, da MarkWeb.

Para Liv, o primeiro passo para reforçar a marca é ter claro a essência e objetivo da empresa. “O hoteleiro tem que saber o conceito da empresa e onde quer chegar muito cristalino para que a comunicação seja dessa essência. Faço o exercício com meus clientes de perguntar ‘se sua empresa fosse uma pessoa, como ela seria?’ Ajuda na hora de apresentar a marca para o público”, afirmou a especialista. 

Em relação ao público, esse também deve ser muito bem conhecido. “Muitas marcas falam um grego perfeito, mas estão se comunicando com clientes que falam francês”, comparou Liv. “Quando se abre um hotel é importante saber para quem se está abrindo. Não pode ser apenas para competir com os outros empreendimentos, tem que pensar na essência que levará ao cliente”, acrescentou Kutuchian. 

Exemplo da conversa entre gregos e franceses foi dado por um espectador do Fórum que mandou pergunta anônima. O hoteleiro, dono de uma pequena pousada, queria saber como competir com  resorts de grandes redes. “Na hotelaria ou se conquista por nicho ou por quantidade. Se não tem quantidade, foca no público-alvo porque tem demanda de todo o tipo para tudo quanto é serviço diferente”, comenta Liv. 

Já para Kutuchian, essa sensação de ter que competir com os grandões pode ser erro na comunicação. “Um resort não consegue dar um atendimento aconchegante que nem uma pousada. E quem procura esse tipo de hospedagem vai estar procurando isso e não vai ter porque competir com os grandes hotéis. Mas, se as pessoas estão chegando na pousada esperando tratamento de resort, você está atraindo o público errado”, completou o empresário. 

FOHI: fidelização e qualidade nos serviços

Outra maneira apontada pelos convidados de fortalecer a marca é prover um bom atendimento. “Hotelaria é acolhimento. O hoteleiro tem que receber o hóspede como se recebesse uma visita na sua casa. Dar o melhor lugar, a melhor comida, o melhor vinho. Botar o coração para atender o cliente e passar isso para o colaborador”, afirmou o CEO do Hotelier News.

Investir na capacitação da equipe também é essencial à qualidade da hospedagem. “Para engajar a equipe no fortalecimento da marca é preciso que os colaboradores se sintam valorizados. E para isso é preciso investir constantemente em capacitação de pessoal, servir de escola para esses trabalhadores que vão crescer na profissão e sua marca cresce junto”, ressaltou Kutuchian.

O próximo painel acontece na quarta-feira (17) às 15h. O tema abordado será “Oportunidades e desafios da transformação tecnológica para hotéis e pousadas” com Rodrigo Teixeira, da AskSuite e Marcos Macedo, do iBooking como convidados. Para participar basta se inscrever no site do FOHI.

(*) Crédito da capa: Keem Ibarra/ Unsplash

(**) Crédito da foto: Juliana Stern/ Hotelier News

Comentários