Foz do Iguaçu (PR) comemora crescimento da visitação e busca expansão da malha aérea


Gilmar Piolla, secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos

O Parque Nacional do Iguaçu, onde estão localizadas as Cataratas do Iguaçu, recebeu 37.593 visitantes durante o Carnaval. O número é 3,8% superior ao registrado em igual período de 2017, quando 36.211 pessoas passaram por lá. Os dados são da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu e o período analisado foi de 10 a 13 de fevereiro.

No Marco das Três Fronteiras houve crescimento de 99% na visitação, pulando de 5.181 pessoas, em 2017, para 10.317, no Carnaval deste ano. No domingo passado (11), por exemplo, a atração recebeu 3.146 visitantes, maior número já registrado em um único dia. A marca anterior era de 3.030, ocorrida no dia 7 de janeiro de 2018.

Já o Complexo Turístico de Itaipu, fechou os quatro dias de Carnaval com 13.404 visitantes, 6% a mais do que igual período de 2017 (12.660). "O ano de 2018 se apresenta como mais um recorde para o turismo de Foz do Iguaçu. Somos o destino turístico que mais cresce no Brasil", celebra Gilmar Piolla, secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos.

Ampliação da malha aérea

Piolla participa, esta semana, da 11ª edição da Routes Americas 2018, feira da indústria da aviação civil que termina hoje, em Quito.  Segundo o secretário, o evento é uma oportunidade de estreitar relacionamento com as companhias aéreas, negociar acordos de codeshare e captar novos voos.

"Temos 14 reuniões marcadas com companhias aéreas que demonstram interesse em conhecer o nosso potencial", afirma. O secretário ainda destaca que Foz do Iguaçu é a única cidade brasileira a participar do evento, que reúne 80 companhias aéreas, 150 aeroportos e 35 destinos turísticos. 

Para Piolla, a ampliação da oferta de assentos resultará na diminuição do custo das passagens aéreas e, consequentemente, deve incrementar o fluxo turístico para a cidade. "O foco é melhorar nossa conectividade aérea com países da América do Sul e da América Central. É o que a pista atual do nosso aeroporto nos permite neste momento. Mas já iniciaremos contatos de prospecção de voos para América do Norte e países europeus, pois temos a perspectiva de ampliação da pista de 2.195 para 3 mil metros", afirma.

Piolla está otimista com as negociações envolvendo a Copa Airlines para lançamento, ainda este ano, de voo direto ligando Foz do Iguaçu à Cidade do Panamá. "Hub da Copa no Panamá nos conectará diretamente com Canadá, Estados Unidos, México e o Caribe. Com a implementação do visto eletrônico para os turistas dos Estados Unidos e do Canadá, será um importante elo de ligação para esses mercados", acredita. 

Com a busca de novos voos, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu deve se firmar como um dos mais movimentados do País. Em 2017, por exemplo, o terminal apresentou o maior aumento no fluxo de passageiros entre os 30 principais aeroportos do Brasil. A informação é da Infraero.

(*) Crédito da foto: Christian Rizzi/Divulgação

Comentários