França projeta recorde em receitas do turismo internacional em 2018

O ano deve ser de números positivos no turismo francês. Estimativa do Banque de France (Banco Central do país europeu) aponta que as divisas internacionais provenientes do setor devem atingir patamar recorde. A expectativa da instituição financeira é que a barreira dos € 54 bilhões, registrada em 2014, seja quebrada. Em 2017, a receita gerada pelo turismo internacional na França foi de € 53,7 bilhões.

Segundo o Banque de France, a projeção recorde se baliza nas divisas internacionais arrecadadas de junho de 2017 a igual mês de 2018. No período, a receita acumulada superou a marca de € 56 bilhões. Além disso, nesse intervalo, o saldo da balança comercial (receitas menos despesas) da indústria turística francesa é de € 17,5 bilhões, o mais alto desde 2013.

turismo francês - Paris receitaParis é uma das cidades que mais fatura com turismo

Há ainda outros motivos de otimismo para o recorde. A comparação entre julho e agosto (verão no país) de 2018 frente a igual período de 2017 mostra forte expansão nos gastos. Nos meses analisados, turistas ingleses, alemães, espanhóis e americanos consumiram de 13% a 15% a mais. A liderança absoluta é dos japoneses, com impressionantes 58,8% de alta no intervalo analisado. Ainda assim, nem tudo são flores: viajantes que mais gastam no mundo, os chineses registraram queda de 8,4%.

França: mais números

Os dados do Banque de France também mostram os países de onde provém a maior parte da receita do setor no país. No top 10 dos mercados emissores, sete são da Europa, dois da Ásia e um das Américas. O líder é a Bélgica, responsável por 12% das divisas internacionais da França, com um total de € 6,5 bilhões. 

O estudo do Banque de France destaca a forte interdependência entre os países europeus em termos de receitas do turismo. Isso porque, hoje, o peso dos viajantes franceses para os outros países do Velho Continente também é significativo. O turista gaulês responde por 27% dos gastos turísticos estrangeiros na Bélgica, 9% no Reino Unido e 6% na Alemanha. 

Dados do WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo, na sigla em inglês) divulgados recentemente também realçam o otimismo do Banque de France. Em um ranking dominado por destinos chineses, Paris ocupa a terceira posição no top 10 das cidades que mais faturam com turismo internacional no mundo, com divisas de US$ 28 bilhões.

Para ler a reportagem original, clique em https://bit.ly/2QjGAsl.   

(*) Crédito da capa: Pexels/Pixabay

(**) Crédito da foto: skeeze/Pixabay

Comentários