Governança e modelos de negócio são temas da nova live de Hotelier News e R1

liveTransmissão será em novo horário, às 16h

Era uma vez um empresário que decidiu financiar, construir e operar um hotel. Sim, a história é comum até hoje e deu origem a maioria das redes atualmente líderes de mercado, mas muita coisa mudou na hotelaria. Hoje, diferentes atores integram o setor, como operadoras, fundos imobiliários e asset-managers, assim como novos modelos de negócios e de governança passaram a vigorar. Com o impacto do coronavírus, o que pode acontecer com todo esse ecossistema desenvolvido ao longo de décadas? É o que a próxima live do Hotelier News, em parceria com o Grupo R1, vai debater na quarta-feira (29).

A transmissão terá um horário diferente dessa vez. Em vez da já tradicional 15h, a live será realizada a partir das 16h, no canal do Hotelier News no YouTube. Um time de peso participa do debate: Abel Castro (Accor) e Alejandro Moreno (Wyndham) representam as operadoras, enquanto Marcelo Conde (STX) e Rodrigo Reali (HSI) dão o olhar de quem investe na hotelaria. Por fim, Ricardo Mader (JLL) e Raphael Espírito Santo (Veirano Advogados) demonstram o importante papel de consultorias e escritórios de advocacia no ecossistema. Tudo isso com a valiosa mediação de Roland Bonadona (Bonadona Hotel Consulting).

Do estúdio montado no WTC Sheraton São Paulo, Peter Kutuchian (Hotelier News) e Raffaele Cecere (R1) apresentam a live. Já Vinicius Medeiros (Hotelier News) mediará o debate juntamente com Bonadona. “Estamos reunindo alguns dos principais nomes do mercado nesta live. A ideia é, por meio do debate, ajudar a audiência a entender melhor como funciona o ecossistema hoteleiro e o papel de cada um dos atores citados, assim como as mudanças que podem resultar em função da pandemia”, afirma Kutuchian.

Live: tema em debate

Se voltarmos aos primórdios da hotelaria, era comum o sucesso ou fracasso do hotel depender quase que exclusivamente do proprietário. Hoje, com vários atores envolvidos na operação, o negócio ganhou complexidade e se profissionalizou, mas obviamente não ficou livre de tensões entre seus diferentes stakeholders. Em tempos de demanda forte, não se fala muito de modelos de contratos e governança, além dos papéis e responsabilidades de cada um. Quando vem a crise, contudo, o ecossistema estressa e questionamentos acabam se tornando inevitáveis.

“Com o Covid-19, os vários participantes da gestão do hotel precisam mais do que nunca somar expertise e recursos para proteger o ativo e preparar a recuperação”, afirma Bonadona. “Profissionais com muita experiência do mercado debaterão sobre prós e contras dos modelos de negócios, como enfrentam tensões na governança e quem está mais preparado para os desafios que nos esperam”, completa.

(*) Crédito da foto: Free-Photos/Pixabay

Comentários