Governo de SP anuncia R$ 30 milhões para combate ao coronavírus

coronavírus - campanha de prevençãoSP_DóriaDória detalhou a campanha, que se estende inicialmente até 22 de março

Após a primeira confirmação de uma pessoa infectada no estado, o governo de São Paulo agiu rapidamente. Hoje (28), o governador João Doria anunciou a liberação de R$ 30 milhões para ações imediatas de prevenção e combate à doença. A verba será usada em campanhas no rádio, na TV e na internet. Em paralelo, medidas definidas por especialistas do centro de contingência da doença em São Paulo serão implementadas.

“Estamos liberando R$ 30 milhões para o programa de combate ao coronavírus, tanto para informação quanto para ação efetiva”, disse Dória, durante coletiva no Palácio Bandeirantes. “Serão R$ 14 milhões para uma campanha para orientar os brasileiros de São Paulo sobre como se comportar, o que evitar e o que não é problema. Outros R$ 16 milhões serão para apoio operacional à Secretaria de Saúde”, completou.

A campanha começa a ser veiculada na próxima terça-feira (3), estendendo-se inicialmente até 22 de março. O governador já adiantou que há possibilidade de prorrogação se a necessidade for confirmada pelo Centro de Contingência do coronavírus. Vale destacar que, até o momento, o Brasil tem 182 casos suspeitos da doença, segundo o Ministério da Saúde. Destes, 71 foram descartados desde o início do monitoramento.

Coronavírus: acompanhamento

O centro de contingência do coronavírus em São Paulo também vai definir medidas prioritárias para estabelecimentos de saúde. A verba liberada pelo governo paulista poderá ser usada na compra de insumos para exames e material de proteção para profissionais de saúde. O centro é coordenado pelo médico infectologista David Uip.

Dória informou ainda que os três familiares do homem infectado com coronavírus em São Paulo não estão mais sob suspeita de contaminação. “O paciente com poucos sintomas, tosse leve, espirros e febre baixa deve ficar em casa. A atenção especial é para os grupos mais vulneráveis, que são pessoas com mais de 60 anos, e especialmente as com mais de 80 anos, ou pacientes com doenças crônicas, diabéticos ou em tratamento oncológico”, acrescentou Uip.

coronavírus - campanha de prevençãoSP_David UipUip: paciente confirmado com a doença passa bem, mas está em observação

Como se prevenir

Entre os principais sintomas da doença estão: febre, dificuldade respiratória, tosse, problemas gástricos e diarréias em casos mais amenos. Em casos mais graves, o coronavírus pode causar pneumonia e até insuficiência renal, podendo levar à morte.

O diagnóstico pode ser feito por meio da coleta de materiais respiratórios e, para a confirmação da doença, é necessário que os exames detectem o RNA viral. Vale ressaltar que a fase de contágio pode acontecer antes mesmo dos pacientes apresentarem algum sintoma. 

Para saber mais sobre como se prevenir e preparar a equipe do seu hotel, acesse https://bit.ly/38nD0CX.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Comentários