Governo do Catar pode pagar US$ 600 milhões no Plaza Hotel New York

Plaza Hotel New York - compra CatarHotel já teve Donald Trump como dono

Em meio a uma ebulição judicial, o Plaza Hotel New York pode mudar de dono. Essa semana, o estado Catar, próximo organizador da Copa do Mundo, firmou acordo para adquirir o empreendimento. O negócio, avaliado em US$ 600 milhões, será feito por meio da estatal Katara Holding. Segundo o portal CNBC, a empresa assumirá o hotel com uma participação de 75% que antes pertencia a Sahara India Pariwar.
 
A aquisição acontece poucos dias depois da United Capital Real Estate Development mover processo contra Subrata Roy, presidente da Sahara India Pariwar. Na ação, a empresa alega que os parceiros violaram um contrato ao buscarem outros compradores para o Plaza Hotel New York, segundo a Arabian Business.
 
A United Capital também já havia protocolado, em 22 de junho, uma queixa contra Roy no tribunal estadual de Nova York. Nela, a empresa relata que o executivo encorajou a companhia a assinar acordos fraudulentos, bem como a mostrar provas de fundos e colocar dinheiro em depósito. 

O fundo imobiliário americano está buscando na Justiça US$ 1 bilhão em reparações, juntamente com juros e custos de advogado para as reivindicações.

Mudanças no Plaza Hotel New York

O Plaza Hotel mudou de mãos várias vezes no passado. Entre seus proprietários, por exemplo, estava o atual presidente americano Donald Trump, nos anos 1980. Trump vendeu o hotel há mais de 20 anos, quando pediu falência. 

Além de Trump, o Elad Group, sediado em Israel, converteu uma grande parte do Plaza em condomínios durante a sua propriedade. A marca Fairmont Hotels & Resorts, da AccorHotels, atualmente gerencia a propriedade.

(*) Crédito da foto: zopalic/Pixabay

Comentários