Gran Solare Connext: hotel moderno na capital da região Norte

 
Dois momentos da fachada do Gran Solare Connext, em Belém:
na madrugada e a grande torre vista do Shopping Pátio (fotos: Peter Kutuchian)
O objetivo da viagem para Belém foi assistir o TEDx Ver-o-Peso, organizado pela ex-repórter do Hôtelier News Karina Miotto que trocou a selva de pedra paulistana pela de verdade na Amazônia. Para saber mais sobre o que são os eventos TED e TEDx, que acontecem quase todos os dias no mundo, visite a página www.ted.com.
Unindo o útil ao agradável, ou vice-versa, demos um alô, no mês de julho, para o Rogério Tavares, presidente da Solare Hotéis e Resorts, uma das três redes que compõem a maior hoteleira do Brasil, a Allia, para sugerir a realização deste In Loco Especial. A data da viagem foi no final de agosto, mas algumas semanas antes anunciou-se a venda do edifício onde está situado o Gran Solare Connext para uma rede internacional. A dúvida se escreveríamos ou não a matéria veio à tona, pois a operação da Allia deverá encerrar-se no final de 2011. Mas, o empreendimento de qualquer maneira continuará existindo, e mesmo que com outra bandeira a estrutura se manterá por muito tempo. Por isso, mãos à obra, pois o hotel é moderno, com apartamentos confortáveis, estrutura de eventos diferenciada e bom restaurante.
Inaugurado em meados de maio deste ano, o Connext fica localizado no bairro de Umarizal, próximo ao Centro e aos principais atrativos da capital paraense - como o Mercado Ver-o-Peso e Estação das Docas, um belo projeto de frente ao rio e dotado de restaurantes e espaços culturais. E para quem curte um cinema, lojas e praça de alimentação, a três quadras do meio de hospedagem fica o Pátio shopping na avenida Docas.
Dentro de um complexo que reúne duas torres, sendo uma comercial e a outra hoteleira, além de algumas lojas, o Connext é um projeto moderno. Nota-se que não houve economia na implantação, os materiais empregados são de qualidade e de bom acabamento. Equipamentos como colchões, armários, louças, metais, aparelhos split e TVs, além de fechaduras eletrônicas de última geração, foram utilizados na unidade hoteleira. Destaque para os elevadores, que são bastante rápidos.
Por Peter Kutuchian*
Bom, vamos conhecer o mais novo hotel da capital paraense, administrado pela Allia Hotels e com bandeira Gran Solare
Na frente do edifício, o terraço do Farfalle Ristorante, ponto onde muitos passantes se encontram, seja no final da tarde ou durante o final de semana
  O lobby é moderno, porém pequeno. Explica-se que a prioridade foi oferecer a maior área para o restaurante
Clicamos o balcão durante a madrugada. Durante o dia há no mínimo dois recepcionistas
Infraestrutura O edifício que abriga o Connext é bem alto, como a maioria dos novos prédios de Belém, com mais de 30 pavimentos. Na sua cobertura fica a área de lazer. Piscina, academia de ginástica, sala de jogos, de relaxamento e sauna úmida.Há também espaço projetado para ser um sushi bar, mas que ainda não está aberto, porém o local é excelente para eventos sociais e coquetéis corporativos.
No terceiro pavimento ficam os escritórios administrativos e um lounge equipado com dois computadores e jogos de sofás. Na área externa, um grande terraço, ideal para mais eventos como coquetéis.E é no segundo andar onde se localizam as salas de eventos. São três salões que podem ser unificados, criando um único espaço com capacidade para até 600 pessoas no formato auditório. Um grande foyer e uma ampla cozinha completam a infraestrutura de eventos, que conta também com elevadores separados, podendo ser acessados pelo hall da torre comercial.
Finalmente, no térreo, fica o pequeno Lobby e o terceirizado Farfalle Restaurante, com boa gastronomia, salão de tamanho médio e uma varanda na frente para a rua. O ponto de vendas é bastante frequentado por executivos durante a semana no almoço e no happy hour. Nos finais de semana, famílias da cidade frequentam também o local.
No elevador, a sinalização indica o que há em cada pavimento
Vamos para o terceiro andar, onde fica esse lounge e a administração do hotel
O espaço conta também com dois computadores para uso dos hóspedes
O jogo de sofás pode ser utilizado para reuniões
Do lado de fora, essa excelente área.
Já imaginou um coquetel corporativo aqui?
O legal de Belém é que (quase) sempre há uma boa brisa
Descemos um lance para o Centro de Convenções
Lá também existem dois computadores para apoio
Um dos diferenciais da área de eventos do Connexxt:
cozinha independente
 
Em uma das extremidades do pavimento de Eventos, há esta sala que pode ser utilizada como foyer, sala de apoio ou ainda ser montada para almoços corporativos
A sala Praça da República monta em "U" (foto: divulgação)
O salão Estação das Docas, em auditório (foto: divulgação)
E o salão Ver-o-Peso montado para banquetes (foto: divulgação)
Chegando na cobertura, onde fica a área de lazer do Connext, encontramos este espaço, projetado para ser um sushi bar, que...
...Ainda não foi inaugurado. O local é ideal também para eventos sociais e corporativos como festas privativas e coquetéis
Espaço para os comes e bebes não falta
Saindo para conhecer a piscina
Local ideal para curtir o calor de Belém
E ainda mais com essa vista!
Subindo mais um lance, de onde tiramos essa foto...
Fica a Academia de Ginástica, que conta com os equipamentos normais para os exercícios...
E com bastante luz natural
 
Há também uma sala de descanso que precede a sauna
Salão de jogos, carteados, TV e...
 ...Totó (pebolim) completam a infraestrutura do local
Hospedagem São apenas 114 unidades habitacionais (UHs) distribuídas em 25 pavimentos - entre o quarto e vigésimo oitavo - e de quatro categorias: 81 Luxo; 13 Suítes Junior; 16 Lofts e 4 Duplex (em fase de acabamento). Dois apartamentos Luxo foram preparados para hóspedes com necessidades especiais.
A reportagem do Hôtelier Newsficou hospedada em uma Suíte Junior, bastante espaçosa, mais de 40m², e isolada em um dos quatro cantos do pavimento, permitindo maior privacidade e, ainda, com um grande terraço.Saleta, bancada única com TV, frigobar, aparelho de TV LCD e de DVD e espaço para trabalho, cama queen size com colchão box firme, armário amplo com cofre, mesa com quatro cadeiras para reuniões ou refeições, banheiro prático e fechaduras de última geração - basta aproximar a chave magnética para liberar a entrada, são os equipamentos que compõem a suíte.
Visitamos também as outras categorias, exceto as Duplex, que estavam em fase terminal de acabamento. O apartamento padrão (Luxo) conta com um ambiente apenas, porém não é pequeno. Há espaço para a movimentação, seja para descanso ou trabalho. Já o Loft é bem espaçoso, bancada de cozinha, área de serviço e living são as áreas diferenciadas.
   
Voltando ao elevador, iremos conhecer os apartamentos do hotel. Para acessar os pavimentos deles é necessário encostar a chave magnética no sensor. A fechadura funciona da mesma forma
A unidade habitacional oferecida ao Hôtelier News é
uma Suíte Junior, que conta com mesa com quatro cadeiras...
 
Saleta de estar com sofá-cama...
Cama de casal tamanho Queen...
 
Armários espaçosos com gavetas, prateleiras e cofre
Além de TV LCD de 32", aparelho de DVD e frigobar. A mesma bancada serve para o trabalho
 
O banheiro é funcional e os amenities são da marca Realgems
  Dock para iPods e o serviço de abertura
Conhecemos também os apartamentos de categoria Luxo com cama de casal e...
E com camas de solteiro
O Gran Solare Connext conta também com unidades denominadas Loft, equipadas com sala...
...Cozinha, área de serviço...
...Duas bancadas de trabalho e enxoval diferenciado
São bem espaçosas e confortáveis
O Farfalle Ristorante é o único espaço gastronômico do hotel. É nele que podemos tomar o café da manhã. O ponto de venda recebe muitos passantes para o almoço e happy hour. Dá para ver o terraço lá fora?
Demos uma olhadinha no buffet matutino
 
 
Com bastante variedade, clicamos apenas as opções incomuns, como (no sentido horário) Bolo Podre, feito com tapioca, bolinhos coloridos, a fruta Pitaya e a tapioca com leite de coco
Destino Belém Calor de 33 graus, porém com brisa constante. Afinal, estamos em plena Amazônia, a maior floresta do mundo, cortada pelo também maior rio do planeta.
A cidade é receptiva, as famosas mangueiras centenárias que ajudam a população a se proteger do sol. De vez em quando, uma delas cai de uma grande altura, acerta pessoas ou carros, chegando às vezes a amassar um capô. Mas, como estava escrito em uma camiseta de turista, poderia ser pior, e se em vez de mangueiras, tivessem plantado jaqueiras? Ui.
Brincadeiras à parte, Belém concentra grande número de casarões tombados. Quase toda rua tem um, e a arquitetura delas dá um charme especial para a capital, que foi durante vários anos (entre 1890 e 1920), período imperativo da borracha, uma das cidades mais importantes do mundo, parte em razão da proximidade com a Europa. Tudo nela chegava antes do que nas outras capitais brasileiras.
Mesmo com algumas intempéries como o fato de não haver tratamento de esgoto - algumas ruas apresentam situações precárias - dá vontade de voltar para lá. Não conseguimos ver todos os atrativos, mas o que vimos interessou.
Confira abaixo algumas atrações vistas por nossa reportagem.
Visitamos o Museu Paraense Emílio Goeldi, que está localizado a poucos quarteirões do Connext
O espaço conta com uma grande diversidade de flora como essa linda árvore de tamanho incomum
Dezenas de tons de verde preenchendo nossos olhos
  Cores que às vezes não acreditamos serem naturais
As famosas vitórias-régias amazônicas
Clicamos esse lagarto andando solto. O bicho me deixou aproximar a menos de um metro dele e ainda posou para a foto!
O casarão, bem no meio das dependências do museu, concentra as atividades culturais e cursos técnicos
Belém é repleta de casarões como esse
Almoçamos o Tacacá da Dona Maria, famoso e delicioso!
As fotos a seguir foram tratadas no Instagram, aplicativo para  smartphones. Esta foi feita na frente do mercado Ver-o-Peso. A barca serve de condução entre o continente e as ilhas
E aqui, o próprio mercado original, onde hoje fica a área de comercialização dos pescados
As sementes de Açaí estão brotando... Ninguém compra?
Silvana é dona de uma barraca que vende mel, ervas e os famosos tônicos de amarração... Ui!
A Dona Antônia foi lá comprar madeira balsa para fazer tampas para suas conservas
Aqui estamos na área onde chegam os barcos trazendo o peixe
Olha eles aí, e ao fundo os casarios coloridos
Barcos esperam pelo momento certo para zarpar e trazer alimento
A praça do Relógio fica em frente ao cais
Dobrando a esquina pela praça do Relógio e indo em direção da Catedral da Sé. Na direita, a igreja de Santo Alexandre
O Forte do Castelo...
E um casal de namorados olhando a natureza
Canhões em frente ao Casarão da Onze Janelas
A Ladeira do Castelo vai em direção ao cais. Até a volta Belém, do Pará!
Serviço Gran Solare Connext Travessa Dom Romualdo Seixas, 1560 - Umarizal, Belém www.alliahotels.com.br www.gruposolare.com.br
* A reportagem do Hôtelier News se hospedou na Gran Solare Connext a convite do Grupo Solare.

Comentários