Grand Hyatt São Paulo: estilo e atendimento diferenciados

  O suntuoso edifício principal do Grand Hyatt São Paulo (fotos: Thais Medina)
Boa tarde, senhora! Estou à disposição para ajudá-la no que for necessário.” É com essa recepção que alguns clientes se deparam ao chegar à porta de seus apartamentos durante a hospedagem no Grand Hyatt São Paulo, na movimentada Zona Sul da capital paulista. Serviço impecável é um dos lemas do empreendimento que tem 60% de seus hóspedes representados por estrangeiros moradores principalmente dos Estados Unidos.
Conheça a seguir cada ambiente deste complexo que conta com três edifícios.
Por Thais Medina*
Entrada do empreendimento paulista
Viagens longas, atrasos de vôos, caótico trânsito paulistano do aeroporto ao hotel. Quando um hóspede, principalmente de outro país, chega ao destino no qual ficará hospedado, o que mais deseja é agilidade no atendimento, cordialidade e a certeza de que terá uma boa estada. Tudo isso é visível para as pessoas que passam pelo menos uma noite em um dos andares Club - do 19º ao 22º - da unidade Hyatt de São Paulo, testado pela equipe do Hôtelier News.
Nos apartamentos localizados nestes quatro pavimentos são oferecidos serviços como check-in e check-out personalizado, café da manhã, alimentos - biscoitos crocante e de chocolate, minitorteletes de amêndoas e maçãs verde e vermelha - disponíveis o dia todo para consumo, coquetel, sala de reunião com capacidade para 12 pessoas com utilização gratuita na primeira hora e computador com conexão à internet sem custo adicional. Decoração clean, moderna, uma vista espetacular de São Paulo e muita luz natural também fazem parte do espaço. Lá ainda se encontram obras produzidas por artistas brasileiros e muitos arranjos florais. Além disso, o aroma é diferenciado - capim santo com gengibre - e borrifado de hora em hora.
 Check-in e check-out personalizado fazem parte dos serviços diferenciados para os hóspedes dos andares Club
Muita luz natural complementam a decoração clean do ambiente vip 
  Alguns alimentos ficam à disposição dos hóspedes durante o dia todo
 Entre os benefícios de se hospedar em um dos andares Club está a possibilidade de utilizar por uma hora gratuitamente a sala de reuniões...
...com capacidade para até 12 pessoas
 Para os hóspedes que preferirem passar alguns minutos lendo ou simplesmente descansando, o local também é ideal
  Ao fundo do ambiente fica a sala de reunião privativa e à esquerda, a recepção
Nas mesas preparadas para o café da manhã há açucareiro e geléias
 
 
 
 Pães, muffins...
   ...frios, cereais...
  ...iogurtes, frutas...
 ...e opções quentes fazem parte do menu da primeira refeição do dia
 Do espaço Club, olhando para um lado, tem-se essa vista...
 ...para o outro a grande quantidade de prédios comerciais e residenciais continua...
 

...e para baixo, um grande jardim

Para os que querem um pouco mais de atenção, nada como um mimo extra concedido por um dos 12 mordomos - cinco deles são mulheres - com fluência em inglês e espanhol que atendem as duas suítes presidenciais, três Diplomata e 22 executivas do meio de hospedagem.Encarar a função não é fácil, já que esta exige dedicação e conhecimentos em diversos setores, como alimentos & bebidas, conciergeria, lavanderia, governança e house keeping. No cargo, os profissionais devem se portar como uma espécie de confidente do hóspede em relação às necessidades no hotel e isso inclui reservas em restaurantes pertencentes ou não ao empreendimento, atuação como anfitrião em jantares para convidados, preparo de banhos com óleos, agendamento de horário para troca de produtos do minibar. "A última visão da UH sempre é do mordomo e nenhum colaborador de outro departamento pode entrar no apartamento sem a autorização dele. Além disso, somos responsáveis pelo atendimento do room service, que, assim como o serviço de mordomia, funciona 24 horas", conta a mordomo Natália Dias, alegando ainda que o serviço pode ser prestado em qualquer apartamento.
 
Natália Dias é umas das cinco colaboradoras que atuam como mordomo no Grand Hyatt São Paulo
  Na função, ela se torna o braço direito dos hóspedes
Alimentos & bebidas A gastronomia do empreendimento é liderada por dois restaurantes: Kinu e Eau, que ficam em um edifício à parte do Hyatt denominado Complexo 17, com ligação direta ao hotel e entrada também pela rua, estratégia adotada a fim de atrair passantes. O primeiro é um japonês comandado pelo renomado chef Adriano Kanashiro, criador de exóticos pratos e cerca de 15 tipos de molhos de frutas brasileiras com peixes e frutos do mar. Ele surpreende com um menu diferenciado à la carte no jantar e com a opção de executivo e direito à surpresa no almoço. Na última são servidos entrada, a bento box - na qual o cliente não sabe o que virá -, pratos quentes e sobremesa. Já à noite, o ambiente muda e é decorado com velas acesas.  Além dos 58 lugares em espaço interno composto por mesas com cadeiras e estofados, além de uma bancada, há um terraço com capacidade para mais 16 pessoas e uma sala privativa para outras 12. Outro diferencial é uma carta de sakes, com opções quentes e frias do Brasil, Japão e da Califórnia. Para os indecisos ou curiosos em saborear os diferentes tipos, há uma degustação de cinco passos que harmoniza com os pratos e é acompanhada de um pequeno menu explicativo. Mais um destaque é um menu de capirinhas - sake, shochu, cachaça, vodka e rum -, cervejas e chás, incluindo os sabores jasmim, verde e hortelã.
  Passarelas e espelhos d'água interligam o edifício de apartamentos ao Complexo 17
 O mesmo caminho observado à noite com iluminação diferenciada
De um lado da divisória, as mesas para os clientes. Do outro, a cozinha
A arrumação impecável é idêntica em todas as mesas
Para saborear o menu de sakes, o cliente escolhe o vasilhame preferido
Para entrada, missoshiro e salada. A bebida de cor caramelo e bastante pedida durante o almoço é a Ginger fizz, uma mistura de Sprite, xarope de gengibre, suco de limão e menta
 Antes do prato quente, uma surpresa!
  De dentro do saco dourado sai uma caixa com divisória na qual são encontrados diversos tipos de sushis, sashimis e outras especialidades escolhidas diariamente pelo chef
Como prato quente o campeão de pedidos é o Salmão grelhado com molho tarê e purê de kabotcha
E na sobremesa, Tempurá de figo com sorvete de gengibre
Na bancada também são servidas as iguarias criadas pelo chef Kanashiro
Para os dias de calor há ainda a opção de deliciar o menu em uma das mesas do terraço A sala privativa para até 12 pessoas tem iluminação natural...
 
...e uma porta com ligação ao restaurante
À noite um sushiman prepara algumas opções de pratos no balcão anexo ao qual encontra-se a bancada

Outra opção requintada de gastronomia no edifício é o Eau, francês que oferece 120 lugares e também conta com uma sala para encontros particulares para até 20 pessoas. Com menu executivo no almoço e à la carte no horário do jantar, o restaurante tem decoração à luz de velas e excelente atendimento.

 O restaurante Eau oferece iluminação natural... ...e mesas em diversos formatos
 Detalhe da lareira decorativa
Assim como o Kinu, o Eau conta com sala privativa
No jantar, mesa com decoração clean e iluminada por velas
Salmão marinado em tomilho e limão, espaguete de abobrinha com menta e molho de raiz forte é uma das opções de entrada
Filé de robalo crocante, grenobloise ao limão verde e purê de batata faz parte dos pratos principais do menu, no qual encontram-se também opções criadas com foie gras, vieira, pato, camarões, filé mignon e cordeiro
 
No prédio destinado apenas a entretenimento relacionado a alimentos & bebidas encontra-se também o Wine Library, bar no qual são oferecidos mais de 200 rótulos de vinhos em uma adega que comporta 3 mil volumes. Outra opção, no segundo pavimento, é o Upstairs, com áreas interna e externa, piano, venda de charutos - eles ficam em um equipamento com temperatura e umidade controladas - e música ao vivo de quinta-feira a sábado. Complementando este ambiente foi criado o Upstairs Lounge, hoje sala de eventos para até 80 pessoas.
O Wine Bar, no pavimento inferior do Complexo 17, entre o Eau e o Kinu
São oferecidos lugares para sentar frente ao balcão...
...e em confortáveis sofás e poltronas
Sobre o bar está a adega com capacidade para 3 mil volumes
Como o nome já sugere, o Upstairs fica no segundo pavimento
Nele encontram-se um piano, sofás e charutos sob temperatura e humidade controladas
Em complemento a este foi criado o Upstairs Lounge...
...atualmente sala de eventos
O italiano Grand Caffé
Para as pessoas que preferem se alimentar em um ambiente menos sofisticado, a melhor opção é o Grand Caffé, onde são oferecidas as três refeições do dia. No local, que fica no edifício principal, o almoço é em estilo buffet de segunda a sexta-feira. Já aos sábados é servida feijoada e, aos domingos, brunch. No jantar, o restaurante de culinária italiana funciona à la carte. Tanto esse estabelecimento quanto o Eau contam com pães diferentes como couvert. Vale destacar que toda a parte de panificação do empreendimento é confeccionada no próprio hotel, onde há ampla estrutura de alimentos & bebidas para atender ainda as necessidades de criação de produtos de patisserie e bolos, por exemplo.
 
Hospedagem Alta gastronomia à parte, o Grand Hyatt São Paulo é exemplo também na excelência no atendimento. Ao entrar no meio de hospedagem por uma das portas que se abrem automaticamente quando alguém se aproxima, a pessoa depara com um amplo lobby de alto pé-direito. No ambiente há três balcões de recepção para atender os hóspedes além de um de concierge, no qual se encontra como mimo de boas-vindas uma cesta de maçãs.
Ao entrar no hotel está é a visão do hóspede quando olha para a esquerda
Os três balcões da direita pertencem à recepção
  O alto pé-direito dá ar de grandiosidade ao lobby, fotografado de dia e à noite
Maçã verde como boas-vindas
É neste prédio, o principal do complexo, que ficam as 470 unidades habitacionais distribuídas por cinco categorias: Gran Room (365), Club (71), Gran Suites (29), Diplomata (3) e Presidencial (2). Os dois primeiros modelos citados diferem apenas no que diz respeito ao serviço, já que o segundo inclui uma série de benefícios e exclusividades.
Corredor dos apartamentos
Gran Suíte: ante-sala com decoração contemporânea, grandes janelas e TV de 29"
A UH, assim como os demais ambientes do Grand Hyatt, tem obras de arte assinadas por artistas brasileiros
Atrás da cama, a vista da grande São Paulo
A janela atinge parte das paredes do quarto
O banheiro tem duas portas: uma voltada ao quarto e outra à sala, além de dois armários
Nos apartamentos de um dos andares Club há uma série de amenidades
Ao lado de uma das camas de solteiro...
...um pote com trufas
Para os hóspedes mais saudáveis, frutas
São disponibilizadas águas de diversas marcas, incluindo a própria: Eau...
...Acqua Panna e Pellegrino
  TV, workstation, revistas e DVD fazem parte dos equipamentos das UHs
Cada suíte possui seu controle de temperatura
 
Bebidas alcóolicas, chás, café e guloseimas encontram-se nas suítes
No banheiro, roupão, balança...
  ...decoração com quadros e menu de sabonetes...
...apresentado sobre a banheira
Todas as UHs oferecem amenities Granado. No caso das suítes Diplomata e Presidencial, os shampoos e condicionadores são de 180 ml, enquanto os sabonetes, de sementes típicas brasileiras, de 90 g
O box para banho é separado da banheira
Espelho de aumento e boa iluminação são encontrados junto à pia do lado de fora do banheiro
Vaso com água e uma planta completam a decoração
Em uma caixa de madeira encontram-se itens de primeira necessidade
Ao lado, um secador de cabelos
A hospitalidade pode ser observada a todo momento
Revistas são disponibilizadas nos apartamentos para distração dos hóspedes
Vista de uma das UHs para o novo cartão-postal de São Paulo
Jornais em diversos idiomas são deixados nas portas dos apartamentos
Bem-estar Ainda no edifício principal, mais precisamente no segundo pavimento, é disponibilizado o espaço Cardio Studio, uma sala de ginástica recém-reformada e ampliada que oferece aparelhos de esteira e bicicleta Technogyn - até o final do ano os equipamentos serão trocados e passarão a oferecer TVs de 14” - e três aparelhos de tela plana de 42”, além de uma cesta com maçã, considerada uma das frutas mais saudáveis que existe e de baixa caloria. O ambiente fica aberto 24 horas e pode ser acessado com a chave do apartamento. Ao lado fica uma outra sala destinada ao bem estar, com colchonetes, barras, bolas para fazer pilates e pesos. Para os amantes de fitness, outro espaço é o Strength Studio, voltado a atividades de musculação.
O Cardio Studio oferece equipamentos como esteiras e bicicletas...
...em um ambiente espelhado e com iluminação natural
Na sala ao lado encontram-se equipamentos para diversas modalidades de exercícios
Maçãs estão presentes em diversos ambientes do hotel. A resposta para isso é que ela é saudável e pouco calórica
Outro espaço, o Strength Studio, é destinado a quem pratica musculação
 Nele há pesos e aparelhos de diversos tipos, além de TVs de tela plana
Além da maçã, o bambu é outro símbolo do empreendimento e pode ser encontrado espalhado pelo hotel. O motivo disso é que ele cresce com qualidade e a longo prazo, assim como é o objetivo do meio de hospedagem

Outras facilidades incluem um salão de beleza e o spa Amanary. Com música ambiente relaxante e aroma de capim santo, a tranqüilidade do espaço já começa quando se abre a porta da recepção. Enquanto aguarda o horário para o tratamento escolhido em uma das sete salas do espaço - duas são para casais -, além da Thai, o hóspede pode tomar um chá, conhecer e comprar alguns amenities ou aguardar na piscina climatizada ou nas saunas secas - uma para cada sexo.

Na recepção do spa, mais maçãs
Abrindo as persianas...
...avista-se a piscina climatizada
Da recepção às salas de tratamentos a decoração é em tons claros
Na vitrine de amenities pode-se escolher um item a ser comprado
  Enquanto aguarda para ser atendido, o cliente pode relaxar tomando chá
Adjuntos a todas as salas há banheiros...
...com roupões, chinelos, toalhas, shampoo, condicionador, sabonete, desodorante, escova de cabelos e os demais produtos necessários para tomar banho e seguir para algum compromisso
Os amenities utilizados são da Amazon Secrets
Uma das salas de massagens pronta para receber um cliente ou passante
Em frente à sauna feminina, arranjo floral, toalhas e água aromatizada sabor laranja
A sala Thai, com decoração especial...
...e detalhe do bule e xícara de chá nela oferecidos

Para os hóspedes que não se sentirem à vontade para descer ao lobby e a partir deste chegar à piscina, há uma passagem por um corredor próximo ao spa que leva a um elevador. Descendo alguns metros atinge-se uma área verde na qual é possível tomar sol, descansar ou aproveitar o bar N.U. (abreviação de Nações Unidas, nome de uma das avenidas que ladeia o Grand Hyatt).

 A piscina do empreendimento vista da plataforma que leva ao elevador
À direita, na parte de baixo, o bar N.U.
Contraste de verde com os arranha-céus da capital paulista. No canto direito, o terraço do restaurante Kinu

Eventos O terceiro e último edifício do complexo do Grand Hyatt São Paulo é voltado a eventos. Ao todo são 3 mil m² de área e pé direito de 7 m, totalizando dois ball rooms e dez salas privativas com capacidade para 1,4 mil pessoas. Enquanto as suítes têm nome de madeiras típicas brasileiras, as salas de eventos têm na denominação metais.

O Grand Ballroom conta com 1.024 m² - acomoda até 1,4 mil pessoas -, fica no primeiro pavimento e pode ser dividido em três salas modulares. Suas paredes são revestidas com madeira e decoradas com painéis de seda. Além disso, o espaço no qual prevalece a iluminação natural oferece cortinas eletrônicas, dois telões, um vídeo wall e foyer para coffee breaks e coquetéis. Já o Palm Ballroom fica no segundo andar, oferece 465 m² e pode receber até 640 participantes. No mezanino do prédio dos apartamentos também são disponibilizadas algumas salas com capacidade máxima para 22 pessoas. Os espaços não são utilizados apenas para eventos a negócios. Sua decoração requintada, com paredes revestidas em seda da Índia e Tailândia, lustres em alabastro italiano e luz natural, chamam a atenção de pessoas com interesse em encontros sociais, principalmente casamentos. A estrutura se completa com uma cozinha de banquetes independente, uma equipe exclusiva comandada pelos chefs Thomas Baehner e Felipe Villela e estacionamento para 600 automóveis.
Em frente aos edifícios do Grand Hyatt São Paulo fica essa fonte
No prédio de eventos há um tótem com fotos de São Paulo
Mais bambus pelo caminho
São diversos os foyers e áreas destinadas a coquetéis e coffee breaks
Uma das salas tem saída para um terraço ao ar livre
Puffs estão espalhados por diversos ambientes
A preocupação com a decoração é aparente até mesmo nas paredes próximas às escadas rolantes
Uma das salas para reuniões, com capacidade para 18 pessoas
Em um balcão ficam chás e café
Serviço
* A equipe do Hôtelier News se hospedou no Grand Hyatt São Paulo a convite do hotel.

Comentários