GuesttoGuest adquire HomeExchange e amplia a maior comunidade de troca de casas do mundo

A GuesttoGuest, a maior comunidade mundial de troca de residências, anunciou hoje (7) a aquisição da HomeExchange, empresa internacional de troca de casas, com sede nos Estados Unidos.  A negociação marca um novo momento no setor das viagens, uma vez que esta junção as transforma em líder de mercado em todo o planeta, com mais de 400 mil domícilios em carteira.

Com a ideia de revolucionar a forma de viajar das pessoas ao converter a troca de casas numa corrente maioritária, os responsáveis do GuesttoGuest, Charles-Edouard Girard e Emmanuel Arnaud, investiram mais de US$ 35 milhões em crescimento externo, dedicados à aquisição do HomeExchange e ao desenvolvimento de produtos.

"A GuesttoGuest já registrou um crescimento espetacular desde a sua fundação em 2011. Em apenas três anos, o número de casas registradas no site aumentou seis vezes, passando de 38 mil em 2014 a 280 mil hoje em dia. A HomeExchange, empresa pioneira da troca de casas, irá ajudar-nos a unificar e ampliar esta comunidade ao proporcionar a experiência adquirida pela marca nas suas quase três décadas de existência", comentam Charles-Edouard e Emmanuel.

Apesar das afinidades que se criaram entre as duas plataformas, ambas as marcas permanecem separadas e continuam a operar dentro dos seus próprios espaços e com as suas próprias bases de membros.

O GuesttoGuest conta com 280 mil ofertas em 187 países e é particularmente muito popular nos mercados europeus, enquanto que o HomeExchange possui 67 mil ofertas em 150 países e desfruta de uma sólida implantação no mercado norte-americano. O GuesttoGuest continua oferecendo aos seus utilizadores uma inscrição gratuita e dirigida a um público mais jovem. O HomeExchange, que cobra uma taxa de filiação anual segundo o nível de acesso desejado, continua centrado num tipo de viajante mais estável, que procura experiências únicas e de qualidade. Com a compra do HomeExchange, o GuesttoGuest pode agora responder à procura internacional de uma ampla gama de utilizadores, como jovens profissionais urbanos, famílias com crianças e os aposentados ativos.

Os dois empresários franceses, ao unir estas duas comunidades mundiais, introduzem uma alternativa revolucionária às plataformas como Airbnb e HomeAway. De fato, a troca de casas permite a particulares oferecer e dispor de um alojamento gratuito em todo o mundo sem qualquer transação financeira entre eles. Alojam-se numa autêntica casa familiar e vivem como os locais, o que constitui uma experiência totalmente diferente e única. Além disso, a troca de casas não apresenta nenhum dos inconvenientes que colocaram em causa as plataformas de arrendamento, como os impostos, as proibições e outros efeitos negativos que estão atualmente afetando grandes cidades e lugares turísticos.

“Estamos convencidos de que a prática da troca de casas está atingindo um ponto de mudança e logo se tornará num grande setor turístico no futuro. A aquisição do HomeExchange dará lugar à maior e mais ativa comunidade de troca de casas do mundo. Prevemos que daqui a dois anos haverá mais de um milhão de viajantes organizando as suas férias através de troca de casas,” explicam Arnaud e Girard.

Serviço
guesttoguest.com.br
homeexchange.com

* Crédito da foto na capa: pixabay/tpsdave

Comentários