Hilton Morumbi reabre oficialmente health club na cobertura

Hilton Morumbi- academiaParente montou uma equipe 100% certificada e qualificada

O 28º andar do Hilton Morumbi está de cara nova. Após meses de reforma, o health club do hotel foi reaberto oficialmente hoje (9), com apresentação de Cris Parente, idealizador da Koatch Gym, marca gestora do espaço. Em encontro com a imprensa, o personal trainer explicou o conceito do selo e os diferenciais entre a antiga e a nova academia do empreendimento.

“A Koatch foi idealizada para pessoas que não gostam de fazer exercícios ou têm dificuldade em permanecer em uma academia”, esclarece. “A ideia surgiu quando tentei começar a entender o motivo das pessoas não gostarem de fazer exercício”, ressalta.

Segundo Cris, a maioria da população associa a prática com sensações ruins como dores, cansaço e suor. De acordo com a metodologia do profissional, o segredo é personalizar os exercícios alinhado com o perfil emocional de cada aluno. “Apenas 4% das pessoas têm uma vontade natural de frequentar uma academia. Nosso foco são nesses 96%, que estão carentes de serviços que atendam às suas necessidades”, afirma. “Levar em conta a rotina, as estruturas emocionais e valores do indivíduo é essencial”, completa. 

O personal também ressaltou a importância de envolver o aluno nos processos físicos pelos quais o corpo passa durante as práticas. Em pesquisa realizada pela USP (Universidade de São Paulo), pessoas que entendem os mecanismos dos exercícios apresentaram 83% de frequência nas academias durante um ano, enquanto as que não estavam alinhadas comparecerem apenas 52% do tempo. 

Com equipe 100% qualificada com o certificado WTTC (World Top Trainers Certification), o health club foi inteiramente reformado. De acordo com a assessoria do Hilton, os planos são implementar a Koatch em outras unidades da rede no país.

Hilton Morumbi: modernidade e público segmentado

A mensalidade da academia para o público varia entre R$ 309 e R$ 389. Entretanto, o espaço oferece treinos personalizados para públicos segmentados, cobrados à parte. “Disponibilizamos um produto totalmente diferente. Temos programas exclusivos que giram em torno de determinado nicho. Por exemplo, treinos para mulheres, executivos, adolescentes ou pessoas acima do peso”, explica.

Reforçando o conceito sustentável do empreendimento, os exercícios são passados pelo celular, ao invés do uso de papel. “Queremos fornecer um ambiente que gere conexões entre as pessoas. Quanto maior a identificação com os alunos, mais positiva será a frequência no espaço”, complementa.

Veja abaixo uma galeria com fotos do novo fitnesse center do Hilton Morumbi:  

(*) Crédito das fotos: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários