Hilton registrou crescimento de 1,8% no RevPar do 1º trimestre

Hilton- resultadosRevPar de 2019 está projetado para crescer entre 1% e 3%

A Hilton Hotels & Resorts divulgou no último dia 1 o balanço do primeiro trimestre da rede. Com resultados positivos, o RevPar do grupo apresentou incremento de 1,8% em comparação ao mesmo período em 2018. Já o faturamento chegou aos US$ 159 milhões, o que representa uma queda de 2% na mesma base de análise. O EBITDA ( (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de US$ 499 milhões, aumento de 12% em relação a 2018. 

No período, a rede aprovou 29.300 salas para desenvolvimento, aumentando o pipeline para mais de 371 mil quartos. No primeiro trimestre, a Hilton inaugurou 12.100 acomodações, contribuindo para a entrega de 6,5% de crescimento de unidade líquida para 2019. 

Já as projeções para o ano são de aumento entre 1% e 3% no RevPar e faturamento entre US$ 881 milhões e US$ 910 milhões. O EBITDA ajustado está estimado entre US$2,265 milhões e US$ 2,305 milhões.  A expectativa de retorno de capital para 2019 fica entre US$ 1,3 bilhão e US$ 1,8 bilhão. 

Hilton: nova marca e ações

Em fevereiro, a rede anunciou a criação da Signia Hilton, marca voltada ao público corporativo. Focada em reuniões e negócios, a bandeira chega para oferecer ambientes que sejam propícios para o fechamento de novas parcerias e projetos. Além disso, tecnologias de ponta serão implementadas nas estruturas.

No mesmo mês, o conselho administrativo da empresa autorizou um adicional de US$ 1,5 bilhão para recompras de ações no programa da rede. Cerca de 3,9 milhões de ações ordinárias foram recompradas, trazendo o retorno do capital total, incluindo dividendos, para aproximadamente US$ 340 milhões no período. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Hilton

Comentários