Hotéis se engajam cada vez mais para serem sustentáveis


Perspectiva artística do projeto do Hilton Bariloche
(imagem: greenlodge.org)


Cada vez mais hóspedes e clientes corporativos buscam hotéis ambientalmente e socialmente responsáveis. Há porém uma contradição na operação de um hotel sustentável: os clientes querem que seus empreendimentos sejam sustentáveis em suas operações, mas os estabelecimentos não podem cobrar uma tarifa mais alta pelos serviços verdes, e não é só isso, os hóspedes não querem ser privados das amenidades.

 

Segundo o webcast da SAS e da divisão de Hospitalidade da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, os clientes querem cada vez mais saber o que os hotéis estão fazendo para ser sustentáveis e há evidências de que a demanda aumenta quando os meios de hospedagem podem ser acusados de 'Greenwashing'  (lavagem verde) se exageram em seus esforços ambientais. Já existem muitos incentivos governamentais e regulamentos, que são cada vez mais complexos podendo gerar conflito entre normas locais e federais.


É fato também que a tecnologia sustentável ainda é um item caro para compra e adaptação por parte dos hotéis. Mas a tendência é que ao longo do tempo esse custo diminua bastante e se torne amplamente disponível.

Enquanto isso, a sugestão é que, para gerenciar um negócio sustentável o empreendimento deve antes de tudo ser estratégico, sincero e compreensivo nas iniciativas verdes.
(Priscilla Giglio)

Comentários