Hotel de Berlim (Alemanha) aposta em compromisso com o meio ambiente para atrair hóspedes


Um dos apartamentos do empreendimento alemão
(fotos: divulgação / Almodóvar Hotel)

Almodóvar e Bardot. Os nomes soam igualmente familiares aos seguidores da sétima arte. Mas, no caso em questão, não figuram em telas grandes e sim dão nome a um hotel e restaurante, ambos instalados em Friedrichshain, tradicional distrito da capital alemã que, à época da separação, ficava do lado oriental do muro. Os dois estabelecimentos são faces de uma só moeda, ficam no mesmo edifício e apostam no comprometimento com ações ecologicamente corretas para triunfarem num mercado tão concorrido como o de qualquer outra capital europeia.

Situado numa esquina movimentada de seu bairro, o prédio do Almodóvar Hotel funciona há cinco anos. O Bistro Bardot abriu as portas meses depois oferecendo desde sempre o mais diverso que a gastronomia vegana e vegetariana pode oferecer.

No cardápio estão as tradicionais saladas, que ganham variações múltiplas, e pratos como massas, pães e sobremesas, todos preparados como manda o figurino dos adeptos à dieta sem carne, leite ou derivados de animais.


O Bistro Bardot, instalado na parte interna do hotel

Na estrutura de hospedagem são 61 quartos armados e pensados na intenção da sustentabilidade. A cama é montada com colchões sobre palests - espécie de estrado de madeira -, um único aparelho une televisão e computador, o frigobar fica desligado assim como sistema de ar-condicionado e aquecimento do apartamento.

Em termos de estrutura o empreendimento também foi preparado contra o desperdício. Toda a energia elétrica consumida é gerada por placas que captam a luz solar e transforma em eletricidade. Há também um sistema de reaproveitamento de água que combina a utilização do restaurante, do hotel e capta água da chuva.  

Serviço
www.almodovarhotel.de
www.bistrobardot.de

Comentários