Hotel de brasileira, na Suíça, recebe chancela da Swiss Hotels

O hotel de luxo tem funcionários que falam português
(foto: divulgação)
 
Aberto há cerca de dois anos, o Guarda Golf Hotel, situado em Crans Montana, próximo aos Alpes suíços, recebeu a chancela da Swiss Deluxe Hotels. O empreendimento de luxo que já possuía a bandeira da Leading Hotels é de propriedade da brasileira Nati Felli.
 
"As pessoas que trabalham no meu hotel precisam ter experiência com empreendimentos de luxo e gostar deste segmento", explica a hoteleira. Ela conta que ser aceita pela Swiss Deluxe comprova a qualidade do empreendimento - uma vez que, para receber a certificação, é necessário atingir mais de 79% dos 850 pontos de avaliação.
 
Os detalhes são pontos muito importantes, principalmente os relacionados ao serviço. Nati conta que até mesmo a maneira e o tempo em que um espumante é servido são avaliados. "O cliente não pode esperar mais que cinco minutos: o primeiro minuto é para perguntar detalhes como a marca e o tipo, o restante é para a bebida estar no copo", diz.
 
Apesar de ter apenas 26 apartamentos, o hotel não é classificado como butique pela empresária. "Prefiro chamar de hotel personalizado", defende.
 
Cada detalhe da decoração também é avaliado pela Swiss, e as peças - além de combinarem entre si - precisam ter um contexto histórico e artístico.
 
Num hotel em que a diária média está em 1 mil euros, Nati conta que é perceptível o aumento do número de hóspedes brasileiros e que, por isso, faz questão de que os funcionários que trabalham com atendimento falem também a língua portuguesa.
(Thais Queiroz)
 

Comentários