Hotel Sant'Anna: sossego e bem estar no interior de São Paulo

Pátio com piso original da antiga fazenda do século XV (fotos: Thais Medina)

 

Há 50 anos a fazenda na qual encontra-se o Hotel Sant'Anna, em Amparo, interior de São Paulo, passou a ser destinada às férias da família Mesquita, da alta sociedade de Santos, cidade litorânea do estado, mas nos últimos oito anos o espaço foi adequado ao atendimento de hóspedes e seguiu uma linha na qual os principais clientes são pessoas em busca de tranqüilidade, paz e bem estar.

 

Por Thais Medina*

Se o hóspede quiser aproveitar seus dias de descanso em mais de 1,5 milhão de m2 em meio à Serra da Mantiqueira e, de quebra, emagrecer alguns quilinhos, o empreendimento também é o lugar certo, já que, assim que este chega para fazer seu check-in, lhe é perguntado se quer uma dieta nas refeições. Caso a opção seja aceita, ele passa pela avaliação de um nutricionista e terá alimentação com um cardápio balanceado de acordo com suas necessidades. Se for preciso, ele ainda pode passar por consulta médica com um profissional presente no estabelecimento quatro vezes por semana.

 

Cerca de R$ 1 milhão - sem considerar o campo de golfe que está sendo implementado - está sendo investido no empreendimento incluindo melhorias estruturais - implantação de telas para utilização de energia solar, por exemplo -, físicas - os apartamentos estão sendo redecorados, o enxoval renovado, TVs de LCD já fazem parte das suítes e passaram a atender a estrutura também dos apartamentos -, em gestão e reflorestamento.
Em cada canto, detalhes em decoração e muitas flores. É o caso deste ambiente, em que vasos de barro e parede de pedras estão presentes
Vista de uma das salas de eventos, a recepção e, em frente, o estacionamento para 40 veículos Na edificação na qual se faz o check-in ficam também uma loja e o departamento administrativo do empreendimento
  Ao entrar, as vistas que temos olhando para a direita e para a esquerda
  Para o caso de mau tempo, guarda-chuvas ficam à disposição na recepção e nas alas de apartamentos, entre outros ambientes
No balcão da recepção não poderia faltar algo remetendo à natureza
Destaque para a aguardente e o mel com a marca do meio de hospedagem
Ao passar por este portão de ferro, o hóspede tem acesso às demais áreas sociais do empreendimento
Muitas das áreas ao ar livre contam com cobertura. É o caso deste corredor ao lado da ala Sede. Repare na decoração relembrando a época colonial, como o tacho gigante...
...a balança com capacidade para sacos de café...
  ...ferro de passar roupas, chaleira e outros utensílios
  Ao lado de um pátio fica uma sala de estar ao ar livre...
...com decoração antiga e publicações, principalmente de luxo, para leitura
 
 Diversos títulos de jornais diários são oferecidos
Elementos naturais também decoram o estabelecimento
O edifício atrás da fonte cercada de verde é a ala Sede de apartamentos

 

A fauna e a flora fazem parte dos atrativos do meio de hospedagem. Lá é encontrado um pomar com plantações de acerola, guaraná, abacate e lima da pérsia. Além disso, bugios, aves como beija-flor e tucano, raposas, ouriços e tartarugas podem, com um pouco de sorte, ser observados do empreendimento.
 
 
 
 
 
 
 
 
     
  Se você mora em cidades grandes como São Paulo, raramente tem oportunidade de ver esses tipos de flores
Nessa área alagada com um pequena fonte...
  ...vive a tartaruga mascote do Hotel Sant'Anna
  

Golfe

A apenas cinco minutinhos de carro ou após caminhada de 3 km por uma trilha destinadas aos mais bem dispostos, chega-se à fazenda Santa Maria, também propriedade do hotel, onde fica um campo de golfe voltado ao treinamento técnico de tacadas curtas com alto grau de dificuldade. Trabalhando em soft opening, oferece nove buracos em 2,8 mil jardas - esse número será aumentado em 300 - e com par 3, transformados em breve em par 4. As modificações devem estar prontas no início do próximo ano a fim de que a área se torne oficial e seus jogos passem a pontuar na Federação Brasileira de Golfe.

 

A infra-estrutura inclui ainda um restaurante, club house, área para eventos e, em breve, uma adega. Cortando o verde gramado está o córrego Vermelho, que também atravessa todo o meio de hospedagem, e completando a paisagem, muitas folhagens, flores e mata nativa.
Identificando o campo, o logo do meio de hospedagem dentro de uma bola de golfe
Vista geral do espaço de nove buracos
  Obstáculos como lagos e bases de areia compõem o estabelecimento
Ao redor do espaço, a Serra da Mantiqueira
   O campo passará de par 3 para par 4. A modificação tem como objetivo que a área torne-se oficial
Funcionando em soft opening...
...deve ser inaugurado oficialmente até o início do próximo ano
Na parte inferior da edificação será aberta uma adega
Dentro dela há uma lareira...
...no club house...
...e restaurante com iluminação natural
Essa estrutura de pedras, que ganha iluminação ao anoitecer, antes era um cocho
  Aqui está um dos vestiários
   Até mesmo esses espaços contam com imagens que remetem ao esporte
A área ao ar livre pode ser usado para a realização de eventos

 

Hospedagem

O empreendimento conta com 42 apartamentos divididos em duas alas - Sede e Jabuticabeiras - e três categorias: Suítes, Super luxo e Luxo.

 

Na primeira foi mantida a estrutura original da fazenda de café do começo do século XV. Os pátios são originais e a decoração remete à época, com móveis do período e adquiridos em antiquários. Lá ficam 22 unidades habitacionais, todas diferentes, entre elas, as cinco suítes, e muitas salas, incluindo uma de leitura com opções de livros para todos os gostos. Por sua vez, a Jabuticabeiras fica mais próxima à mata e distante do restaurante e das áreas sociais.
  Ao descer a escada da foto da direita chega-se à área na qual estão os apartamentos da ala Jabuticabeiras
Um dos corredores de UHs
Esses dormitórios ficam mais próximos à mata que os da Sede
  Quarto em que a equipe do Hôtelier News ficou hospedada
O ambiente é simples e usual
  Nos criados-mudos há telefones e pasta com informações do hotel
  No guarda-roupas, roupões e cofre
  Apesar de não ter frigobar, há águas nos apartamentos categoria Luxo. Outra amenidade é um par de chinelos descartáveis
O banheiro é pequeno, mas oferece tudo que o hóspede precisa
  Os amenities levam a marca do meio de hospedagem
   Ao abrir a porta da varanda do quarto...
...temos essa vista
O portão de "entrada" leva à ala Sede
A entrada também pode ser pelo pátio principal
  No pequeno hall há decoração em estilo colonial. Detalhes estão por toda a parte, inclusive nos degraus da escada
Baú e uma poltrona de madeira também nos fazem lembrar épocas passadas
Foi o teto desta sala que originou o logotipo do meio de hospedagem
Nela são encontrados livros para todos os gostos
  No corredor encontra-se essa pia em estilo português
No meio de tantas antigüidades está uma TV de plasma
Em outro espaço, uma lareira...
 
 
  ...e mais objetos de época
A vista de dentro da Sede para fora
Ao subir as escadas para as UHs é isto que visualizamos
A preocupação com os detalhes é tanta que Gilda Mesquita, uma das proprietárias do empreendimento, pintou à mão muitas das placas com números dos apartamentos e outras informações
 
Esta UH tem varanda em L e vista para o pátio central
 
As suítes foram reformadas e contam com TV de plasma
 
  No banheiro, banheira de imersão
Em outro apartamento...
...próximo à capela, os estofados combinam com o enxoval...
  ...com a cortina e com o azulejo do banheiro
  
A chef Silvia Mesquita comanda a gastronomia do empreendimento, que conta com um restaurante dividido em dois salões: um de cardápio livre (buffett no almoço e jantar) e outro destinado às pessoas que escolhem por alimentação mais saudável e balanceada com o apoio da nutricionista Patrícia Bertolucci.
 
 
 
 
 
  No café da manhã o destaque fica com tapiocas doces e salgadas preparadas na hora
 
 
 
 
 
  No almoço e jantar, muitas frutas como sobremesa. As opções do cardápio são apresentadas em uma lousa
 
De um lado fica a parte do menu livre...
  ...do outro, o balanceado
  
 
  No República Bar os hóspedes podem, além de beber algo, se aquecer na lareira, jogar ou simplesmente apreciar objetos utilizados no passado

 

Wellness

Atualmente 14 charmosas salas fazem parte da estrutura de bem-estar do Hotel Sant'Anna, além de tendas ao ar livre espalhadas pelo jardim e com possibilidade de tratamentos de casais. Em breve, o espaço que utiliza produtos da conceituada marca francesa Mary Cohr, assim como o Costão do Santinho, o Grand Hyatt São Paulo e o Hilton São Paulo, passará por reformas e terá salas maiores.

 

“A primeira fase da remodelação foi consolidar a parceria com a Mary Cohr. Na segunda vamos adquirir novos equipamentos e, na terceira, que será concluída até o final do ano, ampliaremos fisicamente as salas, integrando programas de tratamentos, nutrição e fitness, como, por exemplo, para desintoxicação”, conta Heloísa Mesquita, diretora do meio de hospedagem.

 

Há oito anos em funcionamento, o spa oferece um cardápio de massagens incluindo shiatsu, ayurvédica, terapia de pedras quentes, relaxante, drenagem linfática, além de protocolos da própria empresa de cosméticos, como os faciais Catio Vital - limpa, purifica e hidrata em profundidade todos os tipos de pele -, Beauté Aromatique - hidrata profundamente a pele, proporcionando luminosidade e radiância -, e o corporal Spa Aromatique - ação desintoxicante, drenante e firmadora, levando a um relaxamento profundo e aumentando a sensação de bem-estar.
  Entrada do spa: simples e aconchegante
  Algumas das salas seguem um padrão, a não ser pelas cores das cortinas
 
 
  Os produtos utilizados são da grife francesa Mary Cohr
Para as pessoas que preferirem há espaços ao ar livre destinados a massagens

 

Entretenimento

A construção da capela há aproximadamente 20 anos foi uma vontade de Gilda e Sonia, duas das proprietárias do Hotel Sant'Anna, seguindo o modelo encontrado na cidade de Mariana, em Minas Gerais. Com 32 lugares, pode sediar pequenos casamentos e batizados.

 

Para um contido lazer há uma piscina, que também será reformada até o final do ano. Em seu bar encontram-se sempre à disposição do hóspede gelatina, café e sucos sem açúcar das 9h30 às 17h e, ao seu redor, há redes sob árvores para descanso e leitura.

 

Se o visitante quiser se exercitar há ainda uma quadra poliesportiva, duas de tênis e trilhas para caminhadas acompanhadas de uma monitora que pode, inclusive, criar programas de exercícios.

 

Completam a estrutura salão de cabeleireiro e um fitness center com piscina quente e aulas de hidroginástica, salas de musculação com equipamentos novos, de aulas como de dança, aeroboxe, jump, local e step, e descanso, vestiários, saunas seca e úmida, banheira de hidromassagem e ofurôs. Além disso, há dois espaços para eventos. Juntando o Jacarondá e o Flamboyant a capacidade é de 180 pessoas e inclui cabine de tradução. Delas é possível observar todo o vale. São disponibilizadas ainda três salas áreas - Eucalipto, Pinheiro e Ipê -, com capacidade para até 20 pessoas cada, dois foyers e copa de apoio. Um heliponto também é oferecido.
A área para descanso fica em frente...
  ...ao salão de beleza
 
Para o lazer, piscina ao ar livre. Na foto de baixo, do lado direito...
  ...equipamentos para musculação e redes para descanso
   O bar da piscina, denominado Café Bar, disponibiliza bebidas light durante todo o dia
 
 
 
  Na área de fitness, espaços para repouso...
...e atividades físicas
Quadras poliesportiva...
...e, ao final desta curva...
...de tênis
Sala de videokê
 
 
 
  A capela foi criada com base em igrejas encontradas em Mariana
Descendo a escadaria, uma adega
Um médico faz plantão no hotel quatro vezes por semana
  Na varanda da área de eventos pode-se realizar coquetéis

Serviço Hotel Sant'Anna

Fazenda Sant'Anna s/n - bairro Córrego Vermelho - Amparo (SP)

www.hotelsantanna.com.br 19 3808-7500  

* A equipe do Hôtelier News viajou a convite do hotel.

Comentários