Hotel Toriba: refúgio a 1,8 mil metros de altura

Antes hóspede habitué, Farkouh é sócio do Toriba desde 2014

Localizado em Campos do Jordão (SP), o Hotel Toriba é um marco do turismo e da hotelaria da cidade paulista. Integrado à natureza e cheio de atrações, o hotel fez algo que poucos empreendimentos são capazes: transformar hóspede em investidor. Hoje sócio do negócio, Aref Farkouh foi por muitos anos apenas um frequentador habitué. 

Toriba, em tupi-guarani, significa “paz, amor e felicidade”. Pois é exatamente assim que Farkouh se sente no hotel. “Quando vi estava praticamente morando aqui. Desde 2014, sou dono de 70% do Hotel Toriba. Isso para mim não é um negócio, é um prazer”, conta o empresário, natural de São Paulo e, hoje, morador da cidade. “Depois de 70 anos no mercado, fidelizamos muitos clientes. Famílias que já conhecem o hotel, sempre que possível voltam”, completa.

O empresário ressalta que, com um público tão fidelizado, 95% das reservas são realizadas diretamente com o hotel. Já a ocupação costuma chegar, nos períodos fora da alta temporada, a 65%. Já os hóspedes são em sua maioria famílias das classes A e B, muitas delas vindas de Campinas, São Paulo e região. O perfil socioeconômico se justifica pelas diárias cobradas pelo Hotel Toriba, que partem de R$ 800 e podem chegar a R$ 8 mil.

Farkouh destaca que o destino Campos do Jordão está mudando aos poucos. Apesar da alta temporada ser no inverno, gradualmente os turistas estão descobrindo a cidade em outras estações. “Este ano, com as altas temperaturas no verão, muitos turistas vieram para cá aproveitar dias que não passam dos 24°C”, comenta.

Hotel Toriba- turismo em Campos do JordãoEmpreendimento foca no público das classes A e B

Hotel Toriba: integração com a natureza e cultura

Com 15 quilômetros de trilhas e rodeado por mata nativa, o hotel é um refúgio para amantes da natureza. “Muitas pessoas que se hospedam nem querem sair da propriedade”, afirma Farkouh. Para exemplificar, ela destaca alguns atrativos da unidade, como fazendinha para as crianças, espaço kids, piscina e confraria de vinho.

A agenda cultural é outra aposta do Hotel Toriba. Recitais de piano, shows, aulas de botânica, culinária e eventos de bem-estar são alguns exemplos da programação. No final de semana do Carnaval, por exemplo, a pianista Eudóxia de Barros se apresentou no empreendimento, dentro do projeto Toriba Musical. No final de fevereiro, foi a vez do cantor, arranjador, maestro e compositor Marco Bernardo

Eventos corporativos fazem parte da rotina do hotel e são também importantes geradores de hospedagem. “Muitas pessoas vêm aqui a trabalho, passam uns dias e depois voltam com a família”, comenta Farkouh. “Além disso, quando há casamentos, a participação dos eventos na receita chega a 15%”, completa.

Outro atrativo do Hotel Toriba é a gastronomia. Com quatro restaurantes (Pennacchi, Terraço Panorama, Vindima Café e Toribinha), a área de A&B (Alimentos & Bebidas) chega a representar de 20% a 25% do faturamento, dependendo da época. “Recebem muitos clientes locais aos finais de semana. Principalmente no Toribinha, muitos moradores vêm comer nosso foundue”, finaliza.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Hotel Toriba

(**) Crédito da foto: Arquivo pessoal 

Comentários