Hotelaria caribenha atinge diária média recorde em 2018, aponta STR

STR - República DominicanaPunta Cana, na Rep. Dominicana, é um destino muito procurado

Mercado bastante procurado por turistas europeus, sul-americanos e norte-americanos, o Caribe apresentou um desempenho dúbio em 2018. Apesar de registrar queda na ocupação, a região atingiu um valor recorde para a diária média. Essa expansão, inclusive, pautou a alta observada no RevPar, informa a STR.

No geral, a hotelaria caribenha viu a ocupação ceder 1,1% frente a 2017, fechando em 65,2% – patamar mais baixo desde 2012. Em compensação, a diária média subiu 1,7% na mesma base de comparação, chegando ao recorde de US$ 207,61. Em função disso, como citado, o RevPar expandiu 0,6%, para US$ 135,46.

“A região, afetada por furacões ao longo de 2017, está apresentando uma recuperação mais rápida. Pode-se perceber isso se for comparada a episódios similares, casos dos furacões Katrina ou até mesmo do Harvey”, observa Rico Louw, gerente de Contas da STR. Na República Dominicana, por exemplo, os resultados foram positivos.

STR: mais números

Em valores absolutos, março registrou os melhores números para um mês, no ano passado. Na ocasião, a ocupação chegou a 74%, com um RevPar de US$ 190,78. Enquanto isso, dezembro foi período com diária média mais alta de 2018, com US$ 262,97, informa a STR. Já setembro apresentou o pior desempenho nos três indicadores: ocupação (48,9%), diária média (US$ 153,60) e RevPAR (US$ 75,08).

O banco de dados da STR avalia o desempenho de 1,9 mil hotéis no Caribe, totalizando 250 mil apartamentos. Louw destaca que, mesmo com um pipeline robusto, a região tem boas perspectivas à frente. 

“Os investimentos hoteleiros no Caribe estão acelerados. São mais de 100 projetos previstos para os próximos três a cinco anos, que devem adicionar 22 mil quartos ao inventário da região”, afirma. “Levando-se em conta o provável crescimento da indústria hoteleira americana, é possível que o Caribe espelhe essa tendência”, finaliza.

Entre as aberturas previstas, destaque para os projetos da AMResorts em St. Martin. O empreendimento em questão é da marca Secrets Resorts & Spas e tem previsão de abertura para 2019.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Escritório de Turismo da República Dominicana no Brasil

Comentários