Hotelaria de Maringá tem ocupação acima do esperado em dezembro

maringá- hotelariaHoteleiros estão otimistas com o mercado em 2020

O final de ano foi de resultados positivos para a cadeia hoteleira de Maringá. Com forte demanda de turismo corporativo e de eventos, o destino paranaense registrou um dezembro atípico, com números otimistas para um período que costuma apresentar baixas ocupações. 

O Maringá CVB (Maringá e Região Convention & Visitors Bureau) ouviu alguns filiados para saber como 2019 terminou. De acordo com Cláudio Crepaldi, gerente geral do Golden Ingá, este foi o melhor dezembro do empreendimento. “Com certeza foi nosso melhor mês de 2019, a taxa de ocupação foi alta todos os dias do mês”. Ele afirma que o hotel hospedou famílias de outras cidades do Paraná, como Londrina e Curitiba, que vieram passear na cidade e conhecer a decoração da Maringá Encantada.

“Esse é um sinal de que o Maringá Encantada está se consolidando como um produto turístico. É importante que a iniciativa privada, principalmente os hotéis, se apropriem cada vez mais do produto Maringá Encantada e consigam aumentar a taxa de ocupação. Esse é o grande objetivo de um produto turístico”, enfatizou Luiz Fernando Neves, diretor municipal de Turismo.

No Hotel Metrópole Maringá, a constatação com relação ao movimento de hóspedes foi a mesma. Segundo o gerente comercial, William Golfieri, dezembro foi um ótimo mês, com eventos e muitos hóspedes particulares.

Outro evento que manteve alta a ocupação dos hotéis em dezembro em Maringá foi o Vestibular de Verão da UEM (Universidade Estadual de Maringá). Para a gerente-geral do Hotel Sleep Inn Maringá, Leticia Pelágio, o Natal não gerou muito impacto, mas a procura por reservas em função do vestibular foi maior que no ano anterior. “Dezembro de 2019 superou nossas expectativas com relação à ocupação. Além do vestibular, nossa localização é privilegiada para aqueles turistas que usam Maringá para pernoitar e continuar suas viagens no dia seguinte, como quem vai para Foz do Iguaçu, por exemplo”, explicou.

Maringá: expectativas para 2020

A expectativa de melhora no cenário econômico nacional aumenta as expectativas para um 2020 ainda melhor na rede hoteleira. De acordo com o gerente do Hotel Avalon, Erasmo Ramos, 2019 foi um bom ano e tudo indica que 2020 será ainda melhor. “Os números não mentem. O crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e a queda dos juros indicam um futuro promissor”, afirmou.

Segundo Valdenir Santos, gerente geral do Hotel ibis Budget, as expectativas também são positivas. “Com foco na reforma da economia, estamos propondo um aumento na receita em torno de 7%. Vamos trabalhar para melhorar os nossos números em 2020”, disse.

Já a gerente geral do Sleep Inn afirma que o hotel entra em 2020 com cautela. “Estamos estudando os impactos que a reforma do Aeroporto de Maringá nos trará. Mas vamos trabalhar para que consigamos superar todas as nossas previsões”, pontuou Letícia.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Prefeitura de Maringá

Comentários